Daniela Mercury afirma dispensar rótulos: “questão da luta”

Daniela Mercury
Daniela Mercury (Foto: Reprodução/Youtube)

Sempre em pauta quando o assunto é relacionado a questões da comunidade LGBT, desde que assumiu e se casou com a jornalista Malu Verçosa, Daniela Mercury comentou mais uma vez sobre a sua participação na causa de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros em um vídeo publicado nesta terça-feira (29), dia que se comemora a visibilidade lésbica, no canal de Matheus Massafera.

A cantora afirmou não gostar de se encaixar em rótulos e explicou porque não gosta de ser chamada de “gay”. “Eu não sou só gay não, eu sou sapa, sapatinha, girina, sapatilha. Eu não gosto de rótulos, porque rótulos são limites. Mas aí você vai dizer ‘por que você não gosta de falar que é gay?’. Não, eu falo que sou gay porque é uma questão da luta nossa”,disse.

Leia Mais:


“F*da-se se o Giane é gay;, dispara Malu Verçosa, esposa de Daniela Mercury

Presidente do Chile apresenta Projeto de Lei que legalizará o casamento gay

“Não sei como falar desse assunto. Como você fala de gente? Qual a diferença? De vez em quando é ridículo ter que usar rótulos para lutar pela igualdade de direitos e pelo direito de existir em paz e não sofrer violência, chacota”, acrescentou ela.

Daniela ainda comentou sobre o ciúmes que a sua esposa sente de vez em quando, que  segundo ela, revelam o amor que sentem uma pela outra. “Não dá nem pra dialogar. Tem um dia ou outro que as conversas passam ali por um ex, uma ex, mas normalmente isso gera confusão. É ciúme de tudo, é amor demais, é paixão. Não dá. É posse, é loucura. Todo amor muito intenso não cabe mais nada e nem ninguém”.

Confira:


DEIXE UMA RESPOSTA