Contra projeto pró-LGBT, vereadora de MS ataca gays: “Abominação”

Vereadora discursou contra gays na Câmara
Vereadora discursou contra gays na Câmara (Foto: Reprodução/Youtube)

A vereadora Juraci Souza Silva (PSC-MS) usou o seu poder de fala na tribuna da Câmara de Rio Brilhante, município a 161 quilômetros de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para discursar contra a instituição do Dia Municipal do Combate a Homofobia. Projeto que estaria em pauta na bancada.

Ao tomar a palavra, a parlamentar aproveitou para atacar os homossexuais, apesar de alegar que não tem nada contra ao indivíduo, mas sim a prática, e utilizou a Bíblia para justificar os seus argumentos. “Não sou contra as pessoas que se utilizam dessa prática. Eu sou contra aquilo que a bíblia me refere, como palavra de Deus”, disse.

O projeto, de autoria do vereador Sergio Lopes da Silva, foi criado a partir de um pedido de membros da comunidade LGBT. Segundo a vereadora, se o idealizador da proposta pretendia defender “três mil pessoas”, ela também tinha o direito de defender os que se mostram contra a “prática”.


Leia Mais:

Mendigo francês faz sucesso na internet por músculos avantajados

Torcedores de time inglês são presos após gritos homofóbicos em estádio

Juraci ainda se armou do velho discurso, “tenho até amigos do grupo”, sem citar o nome ‘homossexuais”, disse assim com eles estão defendendo a sua “classe”, ela estava defendendo a Bíblia. “Qual é a idealogia (sic) que eu defendo? Eu defendo a idealogia (sic) daquilo que eu acredito. E a bíblia é muito clara quando diz que o homem não se deite com homem, é abominação”, resaltou citando um versículo do livro sagrado.

Ainda no vídeo, a vereadora disse que “prática homossexual é deixar o costume natural”, acusou o movimento de incentivar crianças a se tonarem gays e chamou o desejo por pessoas do mesmo sexo de desvio de comportamento. “Jesus ama mesmo as pessoas, só que a prática das pessoas? A bíblia diz que Deus entrega as pessoas a prática de suas próprias paixões, entrega, e as pessoas recebem em si mesmo o prejuízo de seus feitos”.

Confira o vídeo:


1 COMENTÁRIO

  1. Os gays já tem seus direitos garantidos pela constituição. Quem tenta tirar os direitos deles de ser gays são os ignorantes que não entendem que a lei pode puní-los por punir essas pessoas por suas prática gays. É desnecessário fazer passeatas, protestos e leis em favor da causa lgbt porque a lei já garante todos os direitos, inclusive o de adotar crianças. Com as passeatas, na minha opinião, não conseguem direitos e sim, mais desrespeito e discriminação.

DEIXE UMA RESPOSTA