Autor Aguinaldo Silva sai em defesa do cantor Ney Matogrosso

O autor da Rede Globo afirmou que Ney Matogrosso tem uma história de defesa dos direitos LGBTs que deve ser respeitada.
O autor da Rede Globo afirmou que Ney Matogrosso tem uma história de defesa dos direitos LGBTs que deve ser respeitada (FOTO: Facebook)

Você lembra da recente discussão envolvendo uma frase polêmica do Ney Matogrosso certo?

No mês passado, o cantor de 76 anos afirmou que nunca quis levantar qualquer bandeira LGBT: “Me enquadrar como ‘o gay’ seria muito confortável para o sistema. Que gay o caralho! Eu sou um ser humano, uma pessoa.”. A frase acabou gerando muitos comentários negativos e inclusive uma declaração do cantor Johnny Hooker condenando a posição de Ney Matogrosso.

Agora quem saiu em defesa do artista foi o autor Aguinaldo Silva que afirmou em uma entrevista a revista Veja que o cantor tem uma história de defesa dos direitos LGBTs que deve ser respeitada.


“Acho chinfrim quando a militância LGBT chama pessoas como eu ou Ney Matogrosso de ultrapassadas. A gente se arriscava pela causa na ditadura. É um legado que não se pode desconhecer”, afirmou o autor da Rede Globo.

Na entrevista, o autor também explicou o motivo de ter desistido de exibir um beijo gay em uma de suas novelas. “Havia rejeição, e a audiência caía cerca de 2 pontos. É quase o ibope do SBT!”, contou o novelista.


DEIXE UMA RESPOSTA