Arnold Schwarzenegger afirma que nazistas vivem no inferno e critica Donald Trump

Com a declaração Schwarzenegger endossa uma ala do partido republicano que faz forte oposição às medidas de Donald Trump (FOTO: Facebook)
Com a declaração, Schwarzenegger endossa uma ala do partido republicano que faz oposição ao presidente (FOTO: Facebook)

O ator e ex-governador do estado da Califórnia, Arnold Schwarzenegger mandou uma mensagem para o atual presidente dos EUA, criticando o apoio de Trump aos manifestantes neonazistas que marcharam pela cidade de Charlottesville durante os últimos dias.

“Como presidente desse grande país, você tem uma responsabilidade moral de mandar uma mensagem inequívoca de que você não vai tolerar ódio nem racismo. Não existem dois lados para o preconceito”, declarou o ex-governador, respondendo a um argumento de Trump de que os protestos dos dois lados contaram com atos de violência.

“Se você escolhe marcar com ou ao lado de uma bandeira que simboliza o massacre de milhões de pessoas, não existem dois lados. A única forma de bater as vozes barulhentas e raivosas destas pessoas é falar ainda mais alto, e com equilíbrio – isso inclui você, Presidente Trump”, acrescentou o ator que também é membro do Partido Republicano, mesmo partido do atual presidente dos Estados Unidos.


VEJA TAMBÉM: Trump cancela planos de proteção a LGBTs nos Estados Unidos

“Deixe-me ser claro: nazistas são perdedores. Vocês dão suporte para uma causa perdida. Eu conheci os nazistas originais. Nasci em 1947, na Áustria, pouco depois da Segunda Guerra, e conheci os homens que voltaram da guerra cheios de fragmentos de bomba e culpa, homens que foram levados sem saber por uma ideologia perdedora. Eu posso lhes dizer: estes fantasmas que vocês idolatram passaram o resto de suas vidas vivendo em vergonha, e hoje descansam no inferno”, conclui.
Vale lembrar que os protestos em Charlottesville acabaram deixando três mortos: uma mulher de 32 anos e dois policiais. Os confrontos entre os supremacistas brancos e ativistas também deixou pelo menos 34 feridos e dezenas de pessoas acabaram sendo presas.
Confira um vídeo com a declaração de Schwarzenegger (com legendas em inglês):


DEIXE UMA RESPOSTA