Após revelar que filho é gay, Popó faz declaração controversa: “Não acho normal”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tava bom demais para ser verdade! Após revelar em um programa de TV que seu filho de 17 anos é gay, que o aceita do jeito que ele é, e inclusive tendo conhecido o seu namorado, o ex-pugilista Acelino Popó Freitas, voltou a comentar sobre o assunto e deu uma declaração controversa.

Em entrevista a revista Veja, o campeão mundial afirmou que não considera a homossexualidade como uma coisa normal, apesar de respeitar a sexualidade de cada um. “Não acho que seja normal, mas é algo que a gente tolera e respeita. A única coisa que pedi a ele foi respeitar-se, respeitar seu pai, sua casa e sua família. Eu disse: A sociedade ainda não está aberta a isso. Estude, tenha um bom trabalho para não depender de nada nem de ninguém”, disse ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia Mais:

Relatório revela aumento de LGBTfobia em 27% na Alemanha

Mara Maravilha chora e pede desculpas por comentários transfóbicos na TV

Popó, que chegou a alegar ser capaz de revidar com a própria força, caso o seu herdeiro sofresse algum tipo de ataque homofóbico, ressaltou que tem uma boa relação com o jovem, reconhecendo que muitos LGBTs não tem a mesma experiência.  “Sou tranquilo e tenho uma abertura grande com ele. Sei que há pessoas que sofrem com isso, principalmente na relação pai e filho. Quero diminuir o preconceito”, concluiu.

A declaração do atleta surpreendeu e os ativistas LGBT chegaram a colocá-lo no título de gay-friendly, reconhecido inclusive por Luiz Mott, fundador do Grupo Gay da Bahia (GGB). Na ocasião, ele chegou a contar como foi o primeiro encontro com o namorado do filho.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio