Chester foi encontrado morto em sua casa na manhã desta quinta (20)
Chester foi encontrado morto em sua casa na manhã desta quinta (20) (Foto: Reprodução/Twitter)

O vocalista do Linkin Park Chester Bennigton foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (20) em sua casa, na California, Estados Unidos. Um porta-voz da polícia local informou que a morte do cantor é investigada como suícidio, de acordo com a agência Associated Press.

Segundo o site TMZ, o músico, de 41 anos, se enforcou, e o seu corpo foi encontrado por volta das 9h da manhã (horário local). Não foram divulgadas as motivações para o ato, mas sabe-se que ele lutava contra o vício de drogas e álcool há algum tempo. Em entrevista concedida no ano passado, Chester chegou a contar que pensou em suicídio por ter sido abusado quando criança por um homem mais velho.

Leia Mais:


Luiz Fernando Guimarães aparece pela primeira vez com marido em premiação no Rio

Empresa cria mecanismo de desbloqueio de smartphone pelo pênis

O rapper Mike Shinoda, um dos integrantes da banda na qual Bennington fazia parte, lamentou a morte do companheiro em seu perfil no Twitter. “Chocado e de coração partido, mas é verdade. Uma declaração oficial será publicada assim que tivermos uma”, escreveu.

Coincidência ou não, a morte de Chester aconteceu justamente no dia que outro famoso cantor de rock, Chris Cornewl complataria 53 anos. Ambos artistas eram muito próximos, e Chris também havia tirado a própria vida em maio passado. No funeral do astro, Chester cantou a canção Hallelujah, em homenagem ao amigo.

O Linkin Park havia lançado o clipe da música Talk to Myself na noite desta quarta-feira (19), duas horas antes do anúncio de seu líder ser encontrado sem vida na sua residência. Chester era casado e deixa seis filhos.