Tribunal chinês decide a favor de homem trans em processo trabalhista

Decisão favorável a homem trans é inédita na China
Decisão favorável a homem trans é inédita na China (Foto: Divulgação)

Um homem transsexual chinês processou a empresa na qual ele trabalhava, após ser demitido injustamente. Recentemente, o caso chegou ao fim, com um parecer favorável ao trabalhador. A decisão do tribunal representa um grande avanço para os direitos LGBT no país.

O caso foi julgado na província de Guiyang. O empregador, uma empresa do ramo de saúde chamada Ciming Checkup, deu diversas desculpas para argumentar o desligamento do funcionário, que permanece com os dados em sigilo. Ainda assim, o tribunal não concordou.

Leia Mais:


Charlie Sheen é acusado de ter contaminado parceiro gay com HIV

Rainha Elizabeth revela sua música favorita e ela é um dos maiores hinos gays de todos os tempos

Como resultado, a empresa deve pagar 253 euros (algo em torno de R$931) em multa para o ex-funcionário. Apesar de ser apenas um caso que se tornou popular na China, ele pode se tornar uma referência para situações futuras com a população LGBT do país.

Esse é um dos pequenos passos que a China vem dando em relação aos direitos LGBT nas últimas décadas. Em 2001, a homossexualidade foi retirada da lista de perturbações mentais da Associação de Psiquiatria da China; em 2014, foi decidido que a chamada “terapia de conversão” é ilegal.


DEIXE UMA RESPOSTA