Polícia do Vaticano flagra orgia gay em apartamento do secretário do Papa

Polícia chegou até o apartamento através de operação anti-drogas
Polícia chegou até o apartamento através de operação anti-drogas (Foto: Reprodução/Youtube)

A polícia do Vaticano flagrou uma orgia gay regada à drogas no apartamento de Francesco Coccopalmerio, secretário e conselheiro do Papa Francisco. O fato, classificado como mais um escândalo para a conta da igreja católica aconteceu no final de junho, mas só foi divulgado esta semana pelo jornal britânico The Times.

Segundo as publicações da imprensa, policiais teriam encontrado diversos homens participando de atos sexuais e muitas drogas no apartamento. As autoridades chegaram até o local durante uma operação anti-drogas. O apartamento, além de pertencer à Coccopalmerio, também faz parte da Congregação da Doutrina da Fé.

Leia Mais:


T. Brant anuncia seu novo nome social; conheça

Bebê canadense é a primeira pessoa a ter gênero designado como indefinido

Não se sabe ao certo se Cocopalmerio estava presente no momento do flagra. A polícia não divulgou nenhuma informação oficial, para não comprometer o sigilo das investigações e  para preservar a “integridade do processo judicial”.

Coccopalmerio, de 76 anos, é um dos principais conselheiros do Papa Francisco, como também é chefe do Conselho Pontifício de Textos Legislativos. O Conselho é responsável por identificar casos de abusos sexuais de menores na Igreja, e o secretário ocupa o cargo de chefe por recomendação do próprio Papa.


DEIXE UMA RESPOSTA