Pesquisa do YouTube indica que público LGBT gamer é maior que a média

Pesquisa revelou que 13% dos LGBT's se consideram gamer
Pesquisa revelou que 13% dos LGBT's se consideram gamer (Foto; Reprodução)

O YouTube divulgou, na última segunda-feira (24), a segunda edição do YouTube Insights: uma pesquisa detalhada do público da plataforma e suas diversas categorias. Um dos maiores destaques foi sobre o público LGBT entre gamers: eles totalizam 13%, maior do que os 10% de média da categoria.

Essa informação é grandiosa ao considerarmos o quão popular é a categoria de games no YouTube. Só no Brasil, são 56 milhões de pessoas que consomem este tipo de conteúdo. No mundo, há um total de 2,2 bilhões de gamers, quase o dobro do número de católicos, por exemplo. Esta é uma área ainda bem marcada por problemas como machismo (a cada 10 gamers no YouTube, 2 são mulheres) e LGBTfobia, o que torna o dado do Insights muito relevante.

Leia Mais:


Rodrigo Hilbert diz que todo homem deveria se vestir como drag queen

Ufac abre processo para investigar professor após denúncias de homofobia

O estudo foi feito com 5.450 pessoas das classes A, B e C dos principais centros urbanos do Brasil. Os resultados revelaram dados sobre o consumo de vídeos de diferentes públicos, categorias mais populares e até vida pessoal dos usuários. O levantamento tem como finalidade ajudar o planejamento estratégico de marketing e comunicação tanto dos criadores de conteúdo, quanto das marcas e empresas que anunciam nos vídeos.

Outros resultados revelados foram a respeito de categorias diversas e o uso da plataforma no geral. A penetração do YouTube nas classes A, B e C é de 94%, e 95% das pessoas entre 18 e a 35 acessam o site. Quase 90% dos usuários consomem música por lá, 68% acessam vídeos de gastronomia e 76% veem conteúdos de moda, beleza e estilo de vida.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA