Ônibus com mensagem conservadora enfurece ativistas LGBT no Chile

Ativistas LGBT protestam contra ônibus conservador
Ativistas LGBT protestam contra ônibus conservador (Foto: Reprodução/DW)

Um ônibus começou a circular por algumas cidades no Chile com uma grande mensagem anti-LGBT, na qual reforçava o ideal conservador de que uma família só pode ser formada por um homem e uma mulher cis. As informações são do site DW.

O veículo é pago pela CitizenGo, uma fundação católica espanhola e é chamado de “ônibus da liberdade” por eles. Por onde passa, o carro acumula protestos contra a homofobia e transfobia, e até ataques. A campanha ainda inclui a frase “com meus filhos não se metem”, ao lado de bonecos com representações de masculino e feminino.

Leia Mais:


Reino Unido celebra primeiro casamento gay muçulmano

Em decisão inédita, justiça argentina autoriza barriga de aluguel para gerar filho de casal gay

A ação foi alvo de vários protestos vindos de ativistas LGBTs. Em uma delas, manifestantes entraram em confronto com a polícia chilena ao tentarem atacar o coletivo. “Não se pode chamar isso de liberdade de expressão. Quando se nega direitos a um grupo de pessoas, espalha-se ódio, intolerância e homofobia, como este ônibus está fazendo”, afirmou o Rolando Jimenez, membro da Movimento de Integração Homossexual.

Já os integrantes e defensores do ônibus acreditam que o governo chileno está impondo uma “ideologia de gênero”. “Não permitiremos a aprovação de leis contra a nossa família, contra as crianças, e por isso precisamos que todo o povo chileno saia para as ruas para dizer não à identidade de gênero”, disse Milter Molina, que faz parte do projeto conservador.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA