Pesquisa aponta 108 assassinatos a LGBTs na Colômbia em 2016
Larissa Rodrigues tinha 21 anos (Ilustrativa)

Um relatório divulgado pela ONG Colombia Diversa, que defende os direitos da nossa comunidade, revelou que apenas em 2016 mais de 108 LGBTs foram assassinados em todo o território da Colômbia.

Do total das vítimas, 43 são gays, dois se identificavam como bissexuais e 34 transgêneros. Outras 21 pessoas que completam a lista não foram divulgadas as suas orientações sexuais, nem suas identidades de gênero. A entidade também informou que o país registrou 12 tentativas de homicídio e 256 agressões físicas contra membros da população LGBT no mesmo período.

Leia Mais:


Alemanha aprova Projeto de Lei que legaliza o casamento gay

Câmara aprova PL que protege direitos a LGBTs no Rio

“Em todo o país foram assassinadas 108 pessoas LGBT, um número que não representa uma mudança significativa relativamente a 2015, quando foram contabilizadas 116 mortes”, declarou a organização não governamental no levantamento.