Mãe veste o filho como uma drag queen de RuPaul e vira assunto na internet

Mãe veste o filho como uma drag queen de RuPaul e vira assunto na internet
Uma escritora filipina vestiu o filho como uma drag queen de RuPaul e rendeu assunto na internet (FOTO: Reprodução Twitter)

O que você faria se após assistir a um episódio de RuPaul’s Drag Race, o seu filho pequeno quisesse se vestir como um drag queen?

Mikli Feria Jorge, uma escritora filipina, decidiu atender a vontade de seu filho e acabou repercutindo na internet. A inusitada ideia foi registrada no Twitter de Mikli, com o início do processo de maquiagem do seu filho até o momento onde a criança já maquiada fazia poses usando um vestido vermelho rendado de cauda longa. Em um dos tuítes inclusive, a mãe registrou que o seu filho já pedia para que eles comprassem uma peruca. Além da repercussão do caso em diversos sites ao redor do mundo, até o momento mais de 14 mil usuários do microblog haviam retuitado uma postagem com quatro fotos da empolgada criança começando a se maquiar.

De acordo com Mikli, seu filho também insistiu para que ela passasse sombra nos olhos. Ela afirma que a criança até teve bastante cuidado na hora de comer para não estragar o batom vermelho que havia passado. A escritora também chegou a tuitar uma foto onde o garoto havia registrado o seu nome de drag queen numa caixa de papelão: Balloni Liteg. Observando a diversão do filho, Mikli decidiu entrar na brincadeira e também se maquiou como drag queen, se tornando Cat Astrfi. O nome também foi dado pelo filho e devidamente registrado na caixa de papelão.

Como era de se esperar além das mensagens de apoio, algumas críticas acabaram vindo:

“Você está destruindo a vida desse menino antes mesmo de começar. Maternidade não é para todos claramente”, tuitou o usuário @dabizlegend. O usuário @EarthisFlatTV escreveu que o menino sofreria rejeição e que caçoariam dele pelo resto da vida.

Muitas mensagens positivas também chegaram parabenizando Mikli pelo fato de ela mostrar para o filho, que é normal o fato de alguém se vestir como uma drag queen – e também pelo fato de Mikli apenas tentar se divertir de uma nova maneira com seu filho, que ainda terá muito tempo para escolher ser quem quiser.

As informações são do site Igay.


DEIXE UMA RESPOSTA