Jogadores do Gaúcho são demitidos após vazamento de vídeo de masturbação coletiva

Vídeo de jogadores do Sport Club Gaúcho vazou nas redes sociais (Foto: Reprodução/Internet)

O Sport Club Gaúcho divulgou nesta terça-feira (04) que os quatro jogadores envolvidos no vídeo em que aparecem se masturbando dentro de um dos vestiários da equipe, não fazem mais parte do time.

De acordo com o UOL, as imagens foram gravadas na última sexta-feira (30) e mostram um dos atletas do clube praticando o ato em outros dois colegas, enquanto um quarto envolvido filma a ação. Trechos do vídeo começaram a circular nas redes sociais durante o fim de semana. Os jogadores não tiveram os nomes divulgados.

Leia Mais:


Vídeo íntimo de ex-BBB Daniel vaza na internet; assista

[+18] Dotado, Rapper gay posa nu para revista americana

No sábado, o presidente do clube Gilmar Rosso se reuniu com os envolvidos para definir a rescisão de contrato. “Não sou guardião da moral e dos bons costumes, não me interessa o que eles fazem ou deixam de fazer. A única coisa que eu fiquei bravo, a única coisa que eu proíbo aqui dentro é foto e filmagem, nada sem nossa autorização”, disse ele em entrevista.

Rosso evitou dizer que os jogadores foram demitidos. “Foi feito um acerto, um acordo, e eles seguem a vida deles. Até onde eu sei esses três não são gays, só fizeram [sexo] tirando onda, mas agora eles vão ter que provar que não são”, afirmou Gilmar que ainda informou não ter preconceito.


DEIXE UMA RESPOSTA