Italiano vence preconceito e se torna primeiro gondoleiro trans de Veneza

Alex Hai é o primeiro homem trans a se tornar gondoleiro em Veneza
Alex Hai é o primeiro homem trans a se tornar gondoleiro em Veneza (Foto: Reprodução)

A cidade de Veneza, na Itália, é conhecida por seus diversos canais que podem ser atravessados em gôndolas, sendo esse um dos maiores atrativos turísticos do local. Neste mês, o mundo dos gondoleiros italianos ganhou um novo capítulo em sua história, ao contratarem o primeiro homem trans para o trabalho.

Alex Hai, de 50 anos, esteve em uma longa batalha judicial para conseguir chegar onde está. A profissão de gondoleiro é considerada tradicional e levada muito a sério na Itália, sendo praticada por homens em praticamente todas as situações. Também são necessárias licenças e exames para a condução das gôndolas, além de algumas tradições serem seguidas por muitos.

Leia Mais:


Atriz Carol Marra fala sobre cirurgia de redesignação sexual:”Ser mulher é algo maior”

Pessoas trans podem incluir nome social no CPF gratuitamente

No caso de Alex, apesar de ter começado a estudar para essa profissão em 1996, ele passou por uma grande onda de preconceito e ceticismo entre membros de associações de remo, por ser lido como mulher inicialmente. A Prefeitura da Veneza chegou a envolvê-lo em uma ação que pretendia impedi-lo de trabalhar. Ele conseguiu vencer essa batalha em 2007, mas a Prefeitura ainda assim recorreu ao Conselho de Estado.

Foi só em 2015 que ele finalmente conseguiu a autorização oficial para trabalhar. “Apenas quero fazer o trabalho pelo qual sou apaixonado”, declarou Alex na ocasião. Agora, ele conseguiu retificar seus documentos para o nome e gênero corretos, e conseguiu um trabalho como gondoleiro como sempre quis.


DEIXE UMA RESPOSTA