Homem que matou comerciante na Bahia tinha caso homoafetivo com a vítima

Adson de Oliveira é culpado por matar comerciante no qual mantinha relacionamento
Adson de Oliveira é culpado por matar comerciante no qual mantinha relacionamento (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil de Feira de Santana, na Bahia, prendeu os três homens culpados por espancar o comerciante Salvador Santana Rocha, mais conhecido como Sassá, até a morte no último 13 de maio, nesta semana. Um deles, Adson Michel de Oliveira, mantinha um relacionamento homoafetivo com a vítima.

O crime aconteceu quando Adson e outros dois participantes, Jefferson Lima Martins e Kevin Brito Donoso, foram assaltar a mercearia da qual a vítima era proprietário, o que classifica o caso como latrocínio, quando há roubo seguido de morte.

Leia Mais:


Viúva de Chester Bennington escreve carta para os fãs do Linkin Park

UFABC permite que pessoas trans utilizem os banheiros de acordo com a identidade de gênero

Os criminosos foram encontrados em suas casas e, apesar de confessarem, também foram interrogados pela delegada Thiara Duarte, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR/Feira). Durante as perguntas, a polícia descobriu que Adson e Sassá mantinham um relacionamento amoroso.

Segundo as autoridades, os três homens entraram na mercearia e Adson derrubou a vítima com um soco. Então, Kevin continuou a socá-lo, até que ele morresse. Os três levaram então cerca de R$2 mil do caixa, e ainda retiraram as câmeras de segurança do local para não serem identificados. Agora, todos foram encaminhados para o Presídio de Feira de Santana. Um deles, Kevin, já possuía passagem na polícia por furto.

tags: crime namorado comerciante preso, comerciante morto latrocínio bahia, feira de santana bahia latrocínio comerciante, namorado comerciante gay feira de santana bahia

 


DEIXE UMA RESPOSTA