Gays e lésbicas orientais no Reino Unido são forçados a viver uniões hétero

Denúncia revela casamentos de fachada com orientais no Reino Unido
Denúncia revela casamentos de fachada com orientais no Reino Unido (Foto: Divulgação/AFP)

Diversas denúncias para a polícia revelaram que muitas pessoas homossexuais asiáticas, na região de West Midlands, no Reino Unido, estão sendo forçadas a viver uniões heterossexuais de fachada, inclusive casamentos.

De acordo com os policiais da região, recentemente já foram relatados 30 casos do tipo. A BBC britânica contatou 22 dessas pessoas, anonimamente, muitas das quais admitiram serem as próprias vítimas dos casamentos de fachada. Elas afirmaram que tinham medo de assumir sua sexualidade na vizinhança, e, por isso, chegavam a ser forçadas por alguns membros da família a formalizar uniões héteros.

Leia Mais:


Vocalista do Linkin Park, Chester Bennington, é encontrado morto com sinais de suicídio

Escócia tem primeira igreja a realizar casamento gay

Para a BBC, o sargento das forças armadas da região afirmou:  “A homofobia é enorme em algumas comunidades. Ser visto como gay ou lésbica entre algumas culturas ainda pode destruir a reputação de uma pessoa. Muitas vivem uma vida de fachada carregando este fardo por uma vida e algumas outras chegam a se suicidar”.

Isso é considerado comum entre comunidades asiáticas, ainda que não seja um comportamento aceitável no Reino Unido ou mesmo na Europa atual. A parte boa (apesar de ser uma situação ruim), é o fato de as denúncias existirem. Talvez isso signifique que essas mentiras poderão deixar de ser contadas um dia, mesmo entre as comunidades mais fechadas.


DEIXE UMA RESPOSTA