Ex-BBB Diogo Pretto é acusado de homofobia e racismo em show na Bahia

Diogo Pretto recebeu vaias após piada considerada homofóbica
Diogo Pretto recebeu vaias após piada considerada homofóbica (Foto: Divulgação/Globo)

O ex-BBB Diogo Pretto causou polêmica durante a apresentação do grupo de dança Fit Dance durante o aniversário da boate LGBT Amsterdam Pop Club, em Salvador, neste sábado (29). O coreógrafo recebeu vaias do público, após fazer declarações consideradas homofóbicas

A reação negativa começou quando, enquanto falava com os espectadores, Diogo soltou a frase: “Quando eu era pequeno, eu era até meio viado, mas quando eu descobri o que viado fazia, eu deixei de ser viado”. Ele foi vaiado pela plateia em seguida, mas percebeu e mudou de tom, no qual afirmou não ser preconceituoso: “Eu posso falar dos viados. Tenho muitos amigos meus que são e não tenho preconceito.”

Leia Mais:


Beijo lésbico em Game Of Thrones não estava no roteiro, conta atriz

Após críticas, Perlla se desculpa com público LGBT: “Minha fé nunca me afastou das pessoas”

Para tentar contornar a situação, Pretto falou que a comunidade LGBT “precisava ser forte, botar para quebrar e lutar contra a discriminação”. Com isso, ele foi aplaudido, e a tensão original se dissipou. Entretanto, o problema não acabou aí, o portal Dois Terços descreveu que o coreógrafo também chamou sua namorada Nai Darlen de “neguinha” e se referiu a outra dançarina do grupo como “branquinha de alma negra”. Segundo Diogo, nesses momentos não houve qualquer tipo de vaia, nem racismo.

Nas redes sociais, a repercussão continuou. Diogo escreveu uma nota para a imprensa, na qual diz que “em meio às brincadeiras, posso ter me expressado incorretamente e, por isso, mal interpretado por alguns”. Ele pediu desculpas a todos que possa ter ofendido e concluiu: “Quero aproveitar esta situação para reafirmar o profundo respeito e admiração que tenho por todas as pessoas que lutam pela defesa da diversidade, contra a homofobia e o racismo”.

 


DEIXE UMA RESPOSTA