Bispo Edir Macedo defende gays em entrevista: “Jesus não os condenaria”

Bispo Edir Macedo falou sobre homossexualidade na TV
Bispo Edir Macedo falou sobre homossexualidade na TV (Foto: Divulgação)

O bispo Edir Macedo, dono da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), surpreendeu o público ao se posicionar a favor de homens e mulheres homossexuais, além de criticar quem faz o contrário. A revelação foi feita durante o programa Palavra Amiga, da rede Record, na madrugada desta quarta-feira (12).

O dono da emissora e líder da Igreja Universal do Reino de Deus deixou claro ser contra a disputa que alguns pastores travam contra a comunidade LGBT. “No tempo de Jesus, já haviam homossexuais e que ele não disse nada e muito menos levantou uma bandeira contra o movimento”, afirmou.

Leia Mais:


Facebook lança emoji LGBT em nova coleção de carinhas

Charlize Theron comenta cena de sexo com mulher em Atômica: “amei”

“Nós da Igreja Universal do Reino de Deus, não impomos nada contra ninguém”, disse Macedo, supostamente se referindo de forma indireta a outros pastores como Marco Feliciano e Silas Malafaia, que fazem questão de se posicionar contra os LGBTs. Ele chegou a dizer que “Deus não faria isso”.

Sua fala polêmica não parou por aí: “Há muitos crentes, pastores e igrejas levantando uma bandeira contra o movimento gay, contra o casamento homossexual, contra lésbicas, etc, etc, etc. Eu me pergunto: Jesus faria isso se estivesse vivendo no nosso tempo? Eu não creio que ele faria, porque no tempo dele já havia homossexuais, lésbicas e etc”.


DEIXE UMA RESPOSTA