BH desbanca Rio e se torna a 2ª cidade com mais points LGBT no Brasil

Posição de BH no ranking LGBT deve promover o turismo na cidade
Posição de BH no ranking LGBT deve promover o turismo na cidade (Foto: Flávia Cristini/G1 MG)

O circuito LGBT brasileiro, que consiste de estabelecimentos voltados para esse público, é maior em algumas grandes cidades. Segundo um estudo feito pela editora Guiya, Belo Horizonte, em Minas Gerais, agora é o segundo lugar do circuito, ficando atrás apenas de São Paulo.

A posição era tomada pelo Rio de Janeiro até recentemente. A ordem agora fica, no primeiro lugar, São Paulo (com 131 points LGBT), Belo Horizonte (com 60 points) e Rio (com 50 points). Esses estabelecimentos não necessariamente são focados só para a comunidade LGBT, mas também engloba os chamados gay-friendly, que simpatizam com a causa e se posicionam como defensores desses consumidores.

Leia Mais:


Refugiados LGBT buscam recomeço no Brasil ao fugir de perseguições em seus países

Google Maps lança função que mostra estabelecimentos LGBT

A editora Guiya, que é a primeira rede de comunicação LGBT do país, estabeleceu esse ranking com alguns critérios rígidos. De acordo com o integrante da editora, Welton Trindade, eles realizaram visitas técnicas aos points de diversas capitais. “Para incluirmos um local em nossos roteiros, temos que ter a certeza de que o público gay é realmente frequentador. Belo Horizonte me surpreendeu quando eu fiz minha primeira visita técnica à cidade. Fiquei completamente encantado”, afirmou ele.

“Um fim de semana em Belo Horizonte é muito pouco para aproveitar tudo o que a capital oferece. É uma cidade muito evoluída, que deve ser frequentada e, cada vez mais, descoberta pelo público LGBT”, prosseguiu Welton. Essa posição da cidade é vantajosa para o turismo, e consideraou que o público LGBT movimenta cerca de 15% do turismo mundial.


DEIXE UMA RESPOSTA