12 diferenças entre o sexo gay nos filmes pornôs e na vida real

12 diferenças entre o sexo gay nos filmes pornôs e na vida real
(Foto: Unicorn Booty)

1.Nos pornôs gays, TODO MUNDO parece estar disponível para fazer sexo.

Já na vida real, se você tentar pagar uma pizza com o seu corpo, há uma chance mínima, próxima do zero, de isso funcionar.


“Não é assim que funciona…não é assim que nada disso funciona!”

2.Nos pornôs gays, os atores partem para o sexo sem nem dar uma limpadinha lá embaixo antes.

Na vida real, o sexo espontâneo nem sempre é aconselhável.

“As coisas podem ficar um pouco bagunçadas.”

3.Nos pornôs gays há penetração sem nenhuma preliminar.

Na vida real, isso dói e incomoda um bocadinho.

4.Nos pornôs gays, ninguém passa lubrificante. Aparentemente, você simplesmente escorrega para dentro e pronto.

Na vida real dá pra facilmente esvaziar meio pote.

5. Nos pornôs gays dá pra fazer sexo em qualquer lugar.

Na vida real é praticamente impossível fazer sexo nos fundos de uma sala de aula cheia sem que ninguém se vire e perceba.

6. Nos pornôs gays, os passivos se dobram como pretzels para se encaixar nas posições sexuais mais estranhas.

“Qual o nome desta posição?
O contribuinte americano”

Na vida real, nem todo mundo consegue colocar as pernas atrás da cabeça e em volta do pescoço.

“Isso é muito flexível… isso é legal”

7. Nos pornôs gays, a camisinha aparece no pênis magicamente, literalmente do nada.

Na vida real há muita dificuldade em tentar abrir a embalagem e achar o lado certo.

“Não consigo pegar direito. Tem que fazer que nem com um pacote de salgadinho.”

8. Nos pornôs gays, todos os passivos fazem fácil e com elegância.

Na vida real, não é tão simples assim.

9. Nos pornôs gays há uma nítida falta de toalhas sendo usadas.

Na vida real, as toalhas são itens de bom senso. Simplesmente é assim, ou você corre o risco de dormir em um lençol manchado com lubrificante.

10. Nos pornôs gays, todos são versáteis.

Na vida real, isso é besteira.

11. Nos pornôs gays, aparentemente não existem cãibras.

Na vida real, cãibras existem.

12. Nos pornôs gays, você consegue fazer sexo por horas.

Na vida real, você tem sorte (dependendo do seu ponto de vista) se durar uma.

 VEJA TAMBÉM: Os dez estágios do sexo anal (contados por desenhos animados)

Post originalmente publicado em inglês no Buzzfeed.


1 COMENTÁRIO

  1. Cara, nada a ver essas 12 diferenças entre o sexo gay nos filmes pornôs e os da vida real, uma vez que todos sabem, ou deveriam minimamente desconfiar que, um filme de 1 ou 2 horas, pode-se demorar dias para ser gravado, editado, para a escolha das melhores cenas… A gente vê o trabalho pronto na televisão, mas não sabemos o trabalho que deu para fazê-lo. Pelo amor hem, cada questão mais idiota que a outra, como o da camisinha ‘aparecer magicamente’, todos sabem que isso se chama edição de cenas porra!

DEIXE UMA RESPOSTA