Pastor pisa em bandeira LGBT durante programa de TV, no Chile.
Pastor pisa em bandeira LGBT durante programa de TV, no Chile.(Foto: Reprodução / YouTube)

Famoso pelas suas declarações polêmicas contra a comunidade LGBT, o pastor chileno Javier Soto protagonizou uma série de atitudes homofóbicas durante a edição desta segunda-feira (19), do programa El Interruptor, do canal Via X, comandado por José Miguel Villhouta, assumidamente gay.

Logo no começo do programa, Soto surpreendeu o apresentador ao fazer uma oração, pedindo para Deus “curar quem tivesse que curar”, o que deixou Vilhouta visivelmente incomodado com a situação, deixando claro que achava que o pastor estaria impondo suas crenças, mas prosseguiu com a conversa de forma educada.

Leia Mais:


Menina de 12 anos revela ser lésbica em igreja americana

Igreja evangélica prega respeito aos LGBT e pode realizar casamentos gays

Em seguida, porém, o religioso foi ainda mais longe: ele retirou uma bandeira arco-íris do bolso, com os dizeres “candidatos presidenciais que são a favor da agenda diversidade sexual”, e a colocou no chão, para pisar em cima.

Ainda mantendo a calma, o apresentador disse considerar aquilo uma grande falta de respeito com os telespectadores e com ele próprio, pedindo para que ele guardasse a bandeira LGBT. Depois de se recusar, a diretora de conteúdo do canal entrou, exigindo que a bandeira fosse recolhida ou a entrevista estaria cancelada. Javier Soto, então, concordou com o cancelamento e se retirou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA