Luz, câmera e close! Casa 1 e Hornet realizam bate-papo sobre a cena audiovisual LGBT

Encontro visa debater o contexto de inserção dos personagens LGBT na narrativa e, ainda, de que forma participam, contribuem e estão inseridas no mercado cinematográfico
Encontro visa debater o contexto de inserção dos personagens LGBT na narrativa e, ainda, de que forma participam, contribuem e estão inseridas no mercado cinematográfico

Casa 1 e o Hornet convidam para a roda de conversa Luz, câmera e clooose, meu bem: o cinema enquadrando as LGBT.

A GLAAD, organização dos EUA, divulgou o relatório sobre representação de personagens lésbicas, gays, bissexuais, transgênero e queer , onde analisou 125 filmes e apontou o crescimento de 17,5% para 18,4% o número de personagens LGBT. No entanto 83% desses personagens homens gays cisgênero e por isso resolvemos trazer a mesa Luz, Câmera, Close, para debater o contexto de inserção dos personagens LGBT na narrativa e, ainda, de que forma participam, contribuem e estão inseridas no mercado cinematográfico – nas diferentes esferas da produção.

Participam da roda de conversa:


Glamour Garcia
Atriz, modelo e perfomer, estudante de Comunicação das Artes do Corpo na PUC-SP. No teatro, além de outros trabalhos, atuou na peça “Salomé”, de Alexandre Magno; dirigiu e protagonizou “Medéia” e a performance “Tigrela”, da obra de Lygia Fagundes Telles. No cinema, já venceu o prêmio de melhor atriz nos festivais CineMube Independente e Mix Brasil pelo filme “O Amor que Não Ousa Dizer Seu nome”. Também participou da série documental “Liberdade de Gênero”, do canal GNT.

Otavio Chamorro
Produtor, diretor e roteirista. Dirigiu, roteirizou e produziu os curtas “As Fugitivas” (2007) e “A Caroneira”(2012).

Camila Valentin é graduanda em Geografia na Universidade de São Paulo e trabalha na área de geoprocessamento. Apaixonada por cinema, fez cursos e oficinas de edição, direção, roteiro, operação de câmera e iluminação no Senac, Sesc e MIS. Atualmente mantém o canal Queer na Tela (youtube.com/queernatela) no Youtube, onde discute representações LGBT no audiovisual (personagens, realizadores, políticas). É fundadora da CineMona, um cineclube com temática LGBT da Casa 1.

Luiz Henrique Lula, é designer gráfico e trabalha com design editorial nas revistas Casa e Jardim e Casa e Comida na Editora Globo. Se dedica também ao estudo da Direção de Arte no Cinema, sendo pós graduado em Cenografia e Figurino pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Juntamente com Camila Valentin, mantém o canal Queer na Tela no Youtube e também é fundador da CineMona.

⁠⁠⁠Ricardo Tomazoli
Integrante do Cinediversidade, cineclube que iniciou no segundo semestre de 2015 como projeto de cultura e extensão da Escola de Artes Ciências e Humanidades da USP com a proposta de utilizar de filmes que abordassem a temática LGBT para discutir sobre as questões LGBTs com os alunos e com os moradores da região na qual se encontra a universidade (bairro de Ermelino Matarazzo da Zona Leste Paulistana). Hoje o projeto, com dois anos de duração, exibe filmes que abordam além da temática LGBT, como também temáticas raciais, de gênero, migração, entre outros.

A programação é totalmente gratuita e basta só chegar.

Serviço
Data: 02/06
Horário: 20h-22h
Local: Casa 1 – Rua Condessa de São Joaquim, 277. – Bela Vista.


DEIXE UMA RESPOSTA