Evento russo de MMA rejeita patrocínio da Nike porque marca é pró-LGBTQ

proprietário da organização, usa declarações homofóbicas nas redes sociais para justificar porque não aceitou apoio da Nike
Proprietário da organização, usa declarações homofóbicas nas redes sociais para justificar porque não aceitou apoio da Nike

Mairbek Khasiev, proprietário da organização, usa declarações homofóbicas nas redes sociais para justificar porque não aceitou apoio da Nike, de material esportivo

Proprietário do evento de MMA russo Absolute Championship Berkut (ACB), Mairbek Khasiev causou polêmica nesta semana nas redes sociais, ao justificar porque a organização não aceitou um patrocínio da Nike, marca multinacional de material esportivo.

O motivo: o apoio dado pela empresa às causas LGBTQ. No post publicado no Instagram, o empresário checheno detonou o tratamento dado pela Nike a Manny Pacquiao – o boxeador foi cortado do elenco da companhia por causa de declarações homofóbicas no ano passado.


Fonte: SporTv


DEIXE UMA RESPOSTA