Em entrevista, Junior Lima relembra boatos sobre ser gay: “Me incomodava”


Junior Lima, famoso desde criança no início dos anos 90 ao formar dupla com a sua irmã Sandy, comentou em uma entrevista sobre os rumores a respeito da sua sexualidade, que sempre cercaram a sua carreira.

Durante o bate papo para o youtuber Fernando Grostein Andrade para o canal Grosteinandrade, o músico lembrou que sofreu muito bullying na época do colégio e que se incomodava com os boatos de ser gay.

“Quando se começou a falar de homofobia, eu ainda mais novo, mulecão, eu pensava: ‘Não, eu não tenho isso, eu não sou homofóbico, tenho um monte de amigo que é gay e nunca tive problema. Mas quando me chamavam de gay, no fundo me incomodava. Eu fingia que não, mas no fundo eu ficava'”, lembrou.


Leia Mais:

“Por que não?”, Ana Maria Braga não descarta a possibilidade de um relacionamento lésbico

Paradinha | Hit latino de Anitta já tem 3 milhões de cliques em 3 horas

Junior ainda explicou como lidava com o assédio dos colegas da escola. “Teve um período da minha vida que tive que aprender a andar me fingindo de surdo. Erguia a cabeça, mas no fundo estava baixando a cabeça. Isso me trouxe a possibilidade de refletir muito cedo. Tive que superar e entender que não tinha nada demais”, afirmou.

Vale lembrar que Júnior atualmente é casado com Mônica Benini, desde 2014 e está a espera do seu primeiro filho, fruto desta relação.

Confira:


DEIXE UMA RESPOSTA