Ator pornô canibal vai casar com outro assassino em penitenciária

Luka Magnotta foi acusado de divulgar material obsceno e profanar um corpo, além de assassinato

Em 2012, o astro pornô e modelo Luka Magnotta chocou o mundo ao assassinar e desmembrar seu namorado, Jun Lin, gravar um vídeo comendo o corpo da vítima e ainda enviar os pés e as mãos de Lin pelo correio para escolas primárias e departamentos de partidos políticos, no Canadá. Agora, ele é assunto novamente porque vai… se casar.

Condenado à prisão perpétua, o ator está noivo de Anthony Jolin, outro assassino que também cumpre pena no Canadá. O casal se conheceu através de um site de relacionamento específico para detentos, chamado Canadian Inmates Connect.

Leia Mais:


Bispo católico proíbe primeira comunhão e funerais para casais LGBT’s

Vice-presidente dos Estados Unidos declara apoio a grupo anti LGBT

Após  dois anos de relacionamento, eles decidiram marcar a data do casamento, que vai acontecer nesta segunda-feira (26), na própria penitenciária de Port-Carier, no Quebec. De acordo com o jornal New York Post, no anúncio do site de namoro, que ficou no ar por volta de um mês, Magnotta afirmava estar a procura do seu “príncipe encantado”

Dentre os atributos físicos, o preso descrevia no texto estar em busca de um “homem solteiro, branco, ter entre 28 e 38 anos e uma boa forma física”. O parceiro ideal também deveria ser alguém “leal, preferencialmente educado, financeira e emocionalmente estável para um compromisso duradouro.”


DEIXE UMA RESPOSTA