Alemanha aprova Projeto de Lei que legaliza o casamento gay

Ao todo, 393 deputados votaram a favor do casamento gay na Alemanha
Ao todo, 393 deputados votaram a favor do casamento gay na Alemanha (Foto: REUTERS/Fabrizio Bensch)

Como o Observatório G informou ontem (29), o parlamento da Alemanha aprovou nesta sexta-feira (30), o projeto de lei que legaliza o casamento gay no país. A decisão acontece uma semana após a chanceler Angela Merkel, que votou contra a proposta, ter liberado membros do seu partido, o conservador União Democrata Cristã (CDU), a votarem de acordo com as suas convicções.

Agora a nova lei precisa ser ratificada pela Câmara Alta do Parlamento para entrar em vigor, o processo deve ser concluído até o fim do ano. A legislação dará direito a casais do mesmo sexo a subirem ao altar e assim terem os mesmos benefícios que os heterossexuais, como a adoção de crianças.

Leia Mais:


Na Escócia, professores sugerem ensino sobre direitos LGBT nas escolas

Netflix anuncia que Sense8 vai ganhar episódio final

Ao todo 393 deputados votaram a favor da legalização do casamento gay, integrantes de três partidos de esquerda representados na Câmara Baixa do Parlamento – social-democratas, Verdes e esquerda radical – e parte dos deputados da ala conservadora. Enquanto outros 226, incluindo Merkel, se mostraram contra o PL, de acordo com a France Preese.

Apesar de contrária a proposta, Angela Merkel se mostrou sensata durante entrevista a Reuters. “Eu espero que a votação de hoje não apenas promova respeito entre as diferentes opiniões, mas também traga mais coesão social e paz. Para mim, o casamento é, segundo nossa Constituição, uma união entre um homem e uma mulher. Por isto votei contra o projeto de lei”, afirmou.


DEIXE UMA RESPOSTA