“Estão sendo tomadas medidas urgentes”, Premiê da Inglaterra sai em defesa dos LGBTs na Chechênia

Theresa may sublinhou que diplomatas britânicos em Moscou já discutiram o assunto de defesa dos direitos da comunidade LGBT na Chechênia
Theresa may sublinhou que diplomatas britânicos em Moscou já discutiram o assunto de defesa dos direitos da comunidade LGBT na Chechênia

A premiê britânica, Theresa May, prometeu “buscar oportunidades para dar passos diplomáticos com parceiros internacionais” na Rússia para apoiar os direitos da comunidade LGBT chechena.

“Estão sendo tomadas medidas urgentes para entender como é possível de modo mais eficiente apoiar a comunidade de gays, bissexuais e transexuais na região”, disse a premiê à revista Independent.

Theresa may sublinhou que diplomatas britânicos em Moscou já discutiram o assunto de defesa dos direitos da comunidade LGBT na Chechênia com altos representantes do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.


“Em geral, a Grã-Bretanha aborda o problema dos direitos da comunidade LGBT em conversações regulares com autoridades russas. Posso assegurar que estamos preocupados, especialmente levando em consideração a lei russa que proíbe a propaganda de relacionamentos ‘não tradicionais’ entre menores de idade”, pontuou May.

Anteriormente, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou não haver razões para não confiar na informação quanto à inexistência da perseguição contra gays, apresentada pelo presidente da Chechênia, Ramzan kadyrov, durante seu encontro com o presidente russo Vladimir Putin no dia 19 de abril.

O líder da república afirmou que todas as notícias da mídia sobre assassinatos e sequestros de pessoas na Chechênia não passam de provocação.

Fonte: Sputnik Brasil


DEIXE UMA RESPOSTA