As Transições | Com protagonista trans, livro de realismo fantástico é lançado no Brasil

Arte do livro
Arte do livro "As Transições" (Foto: Divulgação)

Sabe-se que a literatura brasileira conta com poucas obras com a temática LGBT. No seguimento Trans então são ainda mais escassas as obras.

Neste sentido, o livro “As Transições” de Alex Lopes se destaca ao disseminar o sentimento de representatividade na literatura brasileira e ao mesmo tempo espalhar o assunto para a sociedade, a fim de tornar o tema da transexualidade algo menos tabu.

De acordo com a associação o GGB (Grupo Gay da Bahia), em 2016 o Brasil teve o maior índice de assassinato LGBT. Sendo que 42% foram pessoas trans, 50% gays, 4% amantes de transexuais, 3% lésbicas e 1% bissexuais.


“A literatura pode ser de extrema importância para o combate à homofobia e transfobia no país, já que seu principal foco é levar conhecimento e humanização ao leitor. Esse também é o grande alvo do meu livro”, conta o Alex.

A trama de “As transições” conta a história de um garoto que passa por um momento de dificuldade em sua vida escolar e familiar. Suas perspectivas apontam para um caminho monótono e de tristeza. Por ser um garoto trans, Ícaro sofre preconceito por apenas existir. Sua vida está num momento de transição, pois novamente foi expulso da escola e está fadado a ter aulas em casa, com a sua mãe. Sua família também não sabe lidar completamente com a situação e isso lhe causa estresse e dor. Até que, inesperadamente numa das suas corridas matinais, ele se encontra com uma hippie muito misteriosa parada no meio da rua. É neste ponto da história que o realismo fantástico se revela.

O livro está à venda no site do Clube de Autores. No Facebook é possível encontrar imagens e informações da obra clicando AQUI.


DEIXE UMA RESPOSTA