No Mato Grosso, travesti é morta com dois tiros na cabeça

Foto Ilustração de outro caso de violência a travesti
Foto Ilustração de outro caso de violência a travesti

De acordo com a PM,  a travesti ‘Bianca’ era conhecida na cidade por trabalhar com prostituição.

A Polícia Militar do Mato Grosso confirmou que Wallison Denis Carvalho Gonçalves, 22 anos, foi assassinado com pelo menos dois tiros na cabeça nas proximidades de uma feira, em Primavera do Leste que fica cerca de 240 quilômetros de Cuiabá.

A Polícia Civil investiga o crime como latrocínio (roubo seguido de morte), uma vez que a bolsa e os demais pertences da vítima foram levados.


Cabe aqui a ressalva, que embora a investigação tenha tomado este rumo, nada impede que um transfóbico mate um travesti por pura intolerância e depois roube seus pertences.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e passará por exames de necropsia.

De acordo com a funerária, o corpo da vítima será encaminhado para São José do Rio Preto (SP), onde os familiares residem.

 


DEIXE UMA RESPOSTA