Casal gay de 60 e 62 anos é espancado por mais de 20 vizinhos no Rio de Janeiro

67
770673
O engenheiro civil Flavio Micellis, 60 anos e o marido, o servidor público aposentado Eduardo Michels (62) foram espancados por vizinhos (Foto: Reprodução/Facebook)


Juntos há mais de 20 anos, o casal nunca havia sofrido agressão física antes

Covardia e violência marcaram este triste episódio que aconteceu com o engenheiro civil Flavio Micellis, 60 anos e o marido, o servidor público aposentado Eduardo Michels (62). Os dois foram espancados por vários vizinhos que promoviam uma festa na noite do último feriado de Tiradentes (21).

+Grupo protesta e faz beijaço em vila onde casal gay foi agredido; Vizinhos negam agressões


O casal que esta junto há mais de 20 anos, contou que enfrentava homofobia por parte dos demais moradores do condomínio onde moram, na Tijuca, bairro da Zona Norte do Rio.

Segundo Eduardo, pelo menos 20 pessoas participaram do espancamento. O marido foi derrubado no chão e atingido com chutes na cabeça e no órgão genital enquanto ele foi jogado contra a parede e teve o pescoço apertado pelos agressores.

“O que houve foi uma tentativa de homicídio. Não fomos mortos porque algumas senhoras que estavam no local impediram o pior, pedindo para eles pararem”, contou o servidor aposentado.

A relação com os demais vizinhos já era crítica pelo fato do casal não ter a orientação sexual respeitada e ficou ainda pior depois que eles passaram a reclamar do barulho das festas que eram dadas pelos vizinhos.

“Nós ouvíamos insultos homofóbicos. Diziam para a gente que naquele condomínio não é lugar de viado, para dar o cu em outro lugar”, disse Eduardo. “Me chutaram várias vezes no órgão genital dizendo: isso é pra você nunca mais poder usar”, contou Flávio. O aposentado tem certeza que os vizinhos usavam as festas para provocação”. Nossa janela dá de frente para o quintal onde eles fazem os churrascos. Eles faziam questão de colocar cadeiras embaixo da nossa janela e apoiar os cotovelos dentro da nossa casa. Toda a fumaça entrava no nosso apartamento. Nós não tínhamos direito a sossego aos finais de semana”, lembrou. “Tiramos fotos dessas festas a pedido da imobiliária e passamos a ser mais hostilizados”, completou.

Eduardo mostra as marcas da agressão que sofreu no condomínio onde mora
Eduardo mostra as marcas da agressão que sofreu no condomínio onde mora

No dia da agressão físicas eles ouviram insinuações de violência contra eles antes de mais uma festa começar.

“Eu ouvia da minha casa eles dizendo: hoje a gente pega eles de pau. Hoje a gente dá um jeito neles. Nós nos sentimos intimidados e decidimos passar o dia fora. Eu já imaginava que o pior poderia acontecer, então saí de casa com o celular na mão filmando tudo. Foi quando o primeiro veio na nossa direção com xingamentos e depois outros 20 nos agrediram. Depois eles ainda nos empurraram para dentro de casa”.

Flávio ficou com hematomas em razão dos chutes”Não consigo urinar direito de tanta dor”

“Isso foi tudo premeditado. Quando a gente abriu a porta, eles já estavam esperando para nos bater”, relatou Eduardo.

No dia seguinte os problemas continuaram. O aposentado afirma que as chaves da portaria foram trocadas propositalmente.

“Nos tornamos reféns, ficamos em cárcere privado. Achamos que iriam nos matar”.

Ele e o marido pediram socorro por telefone ao Grupo Gay da Bahia (GGB), ONG que Eduardo é colaborador.

“O Luiz Mott entrou em contato com o Rio Sem Homofobia, que mandou uma viatura da PM para nos libertar. Saímos de lá só com a roupa do corpo e alguns documentos”.

O casal busca junto à Defensoria Pública uma medida cautelar para que possam voltar ao prédio e retirar os pertences.

Fonte: Os Entendidos


67 COMENTÁRIOS

  1. Absurdooo! Queren fazer do Brasil uma Rússia. Quero ver esse caso ate o final! Nao podemos deixar que esse tipo de coisa aconteca sempre!! Ta virando uma bagunça! Respeito liberdade esta em nossa contituição!! Homofobia tem que virar crime ediondo rapido!!

    • Concordo Ricardo, eu estou de boca aberta eu não consigo parar de sentir uma impotência dentro de mim. Cadê a justiça contra esses vândalos?

  2. Você pode não concordar, mas tem que aceitar o seu semelhante como ele é, independentemente da opção sexual. Já pensou se fôssemos jogar pedras nessas pessoas porquê estavam bebendo, fazendo uso exagerado de bebidas alcoólicas e que provocaram o desequilíbrio em suas atitudes, pense nisso.

  3. Isso não é nem moralismo é crime mesmo
    São psicopatas e covardes achando que tem o direito de bater nas pessoas por não terem a mesma orientação sexual que eles dizem que tem.

    • Orientação sexual é apenas desculpas para exteriorizarem o que realmente são, monstros, indignos de viver em sociedade, justiça e cadeia para eles urgente!!!

  4. Com certeza é um absurdo mas um tanto quanto sensacionalista …. Não que eu seja a favor de um ou de outro nas com ctza e difícil acreditar que a notícia seja real e ao pé dá letra, a impressão que me dá é um certo grau aumentativo … Lembrando que antes ser gays héteros ou seja lá qual for a orientação sexual, somos humanos

    • Ah sim né! Quando são gays relatando que foram agredidos e como foram, isso vira sensacionalismo mas se fossem héteros falando sobre agressões semelhantes ninguém diria algo assim e todos acreditariam como se fosse uma verdade suprema. Parece que você não entendeu que o nosso país é o que mais tortura, mata e persegue homossexuais com números superiores aos casos na Europa inteira.

    • tu tava lá pra falar uma merda dessa ” um tanto quanto sensasionalista” ??? eu não vejo nada dificil de acreditar aí nessa matéria. Vc, e todos nós, vivemos em um dos países mais violentos do mundo contra a comunidade LGBT. Sabia que Israel é um país MUITO MENOS violento nesse ponto?
      Pelo amor de Deus, se for pra falar uma merda dessa.. fica calado!

    • Pior é acreditar cegamente no resultado (absurdo como certeza) mas sem conhecer o que levou a isto. Tínhamos em nosso prédio duas mulheres casadas e dois homens também. Nunca tivemos problemas com ambos os casais. Eles participavam da vida condominial como qualquer outra pessoa até que o casal de mulheres se separou e veio uma nova namorada. Está sim, barraqueira ao extremo. Até o casal gay as criticava. Então, tomar posições sem saber o histórico para chegar a este extremo acho muita leviandade.

      • Cara fala sério, barraco não é agressão física. Eles foram espancados por uma horda. DUAS pessoas contra VINTE.
        Acho engraçado que ainda considerem um cenário no qual o resultado (o espancamento) seja justificável. Mostra o quão bárbaro o Brasil ainda é.

  5. Medida Cautelar para tirar os pertences? Isso é um absurdo, além de serem espancados, humilhados, eles não podem voltar para casa, cadê a justiça desse país, os presídios estão super lotados, pena de morte para esses bandidos.

  6. Sem palavras para descrever tamanho desrespeito e agressividade.
    Nesse pais gente de bem, tem seus direitos violados e nada acontece. Que esses dois senhores possam ter o apoio necessário da policia para identificar esses agressores e faze-los cumprir a lei.

  7. Alguém acha que vai acontecer algo com os agressores? Lógico que não, o casal e que vai ter de se mudar, o casal é que precisa de proteção e mefida cautekar.para entrar na própria casa!!! Esse é o país do jeitinho, preconceito, ladrões, impunidade, mentira, engodo, falsa moral, falta de ética, BRASIL um país de demagogia, um país sujo e, que lamentavelmente não tem recuperação

  8. Por um mundo onde a caça a um idiota igual aó ultimo que escreveu o ultimo comentário seja livre! Talvez vc seja um gay no armário seu trouxa !

  9. Nossa isso tudo é um crime tem que abrir um um processo contra esses vermes e contra o condomínio. Vão atrás dos seus direitos pelo amor de Deus.

  10. A ignorancia no Brasil e muita e tem sua raiz na inercia do estado, mas tambem pelo discurso odioso de alguns, principalmente por supostas quasi-religioes.

    Em lugares onde existe educacao e razao, este tipo de comportamento e quase inexistente. Uma pena, ainda mais no Rio, cidade supostamente conhecida pela sua hospitalidade a todos.

    Triste o que acontece com o Rio, muito triste. O melhor remedio contra a violencia e a educacao civica de um pais. Precisamos retoma-la, voltarmos a ser responsavel um pelo outro – a pergunta Etica e sempre: o que devemos fazer? O que devo fazer?

  11. Que tristeza um Brasil, falido o povo passando fome nãotemsegurança,não tem saúde e não tem livre arbítrio .um monte de covardes em vez de lutarem e brigaram por algo de bom para o Brasil, batem em dois senhores sem defesa alguma .

  12. Que tristeza um Brasil, falido o povo passando fome nãotemsegurança,não tem saúde e não tem livre arbítrio .um monte de covardes em vez de lutarem e brigaram por algo de bom para o Brasil, batem em dois senhores sem defesa alguma .

  13. Eis aí a face dos “cidadãos de bem” que são tão aclamadas nos blogs e posts de conservadores por aí. Aquele mesmo que fala a plenos pulmões “Deus fez Adão e Eva e não Adão e Ivo” ou que repete como mantra o “aparelho excretor não reproduz”. Quem precisa de ir pro inferno quando se tem gente assim a solta pelo mundo?

  14. QUE ABSURDO!! Tem alguma coisa que eu possa fazer para ajudar essa causa, ou esse caso em particular? Me sinto muito impotente só lendo e comentando… Gostaria de fazer alguma coisa a respeito…
    Giulia.

  15. Porque a orientação sexual dos outros mexe tanto com a cabeça dos que se dizem heteros???
    Sera que sao realmente heteros???
    Será que tem inveja da coragem dos gays???
    Porque o casal é tão agressivo pra eles???
    Não seria o caso de irem procurar um psiquiatra???

  16. Eu queria ver se os senhores gays estivessem armados e enfrentassem a situação de outra forma,a justiça ia fazer o que? prender eles,ou processar ia sempre sobrar para o casal por serem gays,isso é um absurdo,essas pessoas são covardes e animais não seres humanos,aliaz,nem animal age com tamanha covardia,queremos ver o final dessa tosca novela.?????????

  17. Só não estou surpresa, por saber que infelizmente o Brasil, esse país que hoje é conhecido como o país da corrupção, é também o lugar onde mais matam gays. Ou seja, pra corrupção não tem punição mas para os homossexuais, tem pena de morte. O que sinto é um misto de repulsa e revolta!!! Espero mesmo que pareça utopia, por justiça

  18. Ja que esse país é uma terra sem lei, sou a favor dos 2 juntarem uma grana e darem o troco em cada um desses imbecis. Não precisa nem ser uma sova, basta mandar quebrar o fêmur de cada um dos agressores. Cada qual vai ficar aí pelo menos 6 meses encostados pelo inss ganhando uma miséria, sem poder andar, trabalhar, nem fazer qualquer atividade diária por esse tempo.

  19. Bom estou aliviada em ver que a maioria está contra a violência, mas passada em pensar que as vítimas necessitem de medida cautelar pra retirar os seus pertences, abandonar a casa deles, porque outras pessoas se sentem incomodadas. Gostaria de entender porque a opção sexual de uns incomodam tantos outros. Se aprendessem que respeitar o próximo é respeitar a si, não fariam isso. Afinal somos humanos e falhos. Muito triste ver histórias como essas.

  20. Um absurdo isso,em tempo de matar os dois que isso?Agora eu faco a mesma pergunta que Jesus fez as pessoas que quiseram apedrejar a mulher que adulterou.Aquele que nunca cometeu nenhum pecado que atire a primeira pedra.Nao somos ninguem para julga-los o julgamento so pertence a Deus.

  21. Já imaginou se essas famílias tiverem um filho homossexual? Faz o quê? Mata? A plantação é livre, mas a colheita é certa. Cuidado ao julgarem…..

  22. acho que todo homofóbico é um gay enrustido, covarde, que não tem coragem de se assumir…então , com ciúme da personalidade de quem se assume, parte para a violência, que é a arma do ignorante !!

  23. Esses indivìduos agressores são piores que os animais selvagens.São idiotas e usam a libertinagem para coibir a liberdade.Façam BOe tirem fotos,filmes de suas badernas e putarias.

  24. Esse triste fato já não é somente uma questão de homofobia…
    Esses agressores são marginais.
    Bandidos, criminosos.
    Ninguém pode agredir os outros assim e ficar impune.
    Cadeia neles!

    Que absurdo.

  25. Agora é tudo coitado, vai saber o que esses dois fizeram para levar essas porradas, ai depois que apanha é homofobia p cá e homofobia p lá…. vai saber se esses dois não xavecaram alguém da festa p fazer uma putaria mto louca… ou se são daqueles vizinhos que gostam de armar.. eu moro em condomínio e sei o quantos as pessoas em geral são lixo, agora pq é gay é santo? Claro que se apanhou a toa tem que ter punição.. Agora sem essa de que apanhou porque é gay, pq tem gente p kct que apanha a toa e não é gay…

  26. Quando você só escuta um lado da história, o lobo será sempre mau. Já estive no lado oposto, quando minha vida foi infernizada por um casa de gays. Nem por isso eu fiz textão mimizento-vitimista.

  27. Quando você só escuta um lado da história, o lobo será sempre mau. Já estive no lado oposto, quando minha vida foi infernizada por um casal de gays. Nem por isso eu fiz textão mimizento-vitimista.

DEIXE UMA RESPOSTA