“O menino mais feliz do mundo”, conheça o texto do menino adotado que emocionou a todos

O menino João e seus pais, Marcelo Pereira e Fernando Luz
O menino João e seus pais, Marcelo Pereira e Fernando Luz (Foto: Arquivo pessoal/ Facebook)

Preparem os lencinhos e bora conhecer a história do menino João Pereira!

Tinha tudo para ser uma aula como outra qualquer, quando a professora da turma do João Pereira pediu para que os alunos escrevessem uma redação sobre como seria a vida do menino mais feliz do mundo.

O texto de João emocionou não só os pais e o colégio, mas também outras 35 mil pessoas que curtiram e compartilharam o texto da criança.


Enquanto a maioria dissertou de como deveria ser o menino mais feliz do mundo, João se considerou o menino mais feliz do mundo, isso porque foi adotado pelos dois pais ganhando assim uma família.

*___________________*

“O menino mais feliz do mundo chama João. Sou eu”, escreveu. Na redação, ele conta que morava com o pai biológico e “ninguém mais o quis” depois que o responsável faleceu.

A partir dai, João foi parar em um orfanato, onde ficou “por muito tempo” até que “dois pais homens gostaram” dele e o adotaram, dando um lar, família, rotina, amor e carinho.

João vive hoje com o casal Marcelo Pereira e Fernando Luz, em São Paulo.

Desde então, como ele conta, passou a se considerar “o menino mais feliz do mundo”.

A professora ficou comovida, aliás todos em casa ficamos apesar dos erros de escrita, rs Segue o que meu filho escreveu (com os mesmos erros de português)”, conta o pai Fernando.

Veja na íntegra o texto do João:

“Uma vez eu morava só com meu pai, e um dia ele morreu e ninguém me quis, daí eu fui morar num orfanato. Passou muito tempo eu conheci dois pais homem que gostaram de mim eles me adotaram e partir desse dia eu me fiquei muito feliz.Eu amo muito esse dia esse dia nesse dia que conheci eles estou vivendo muito bem, muito feliz com eles, eles me amam e eu amo eles.Nós brincamos nos divertimos, sentimos dor e choramos juntos, e nós três somos felizes e amamos uns aos outros. Eu ser adotado eu não tenho vergonha e amo muito eles e minha outra família que eu tinha não me amava e eu era triste, mas essa família eu sinto que me ama e eu vou dar muito valor a ela, porque eu amo muito ela. O menino mais feliz do mundo chama João sou eu

De João para meus dois pais homem que eu amo muito.”

Eu não sei vocês leitores, mas se eu fosse o pai desse menino teria um verdadeiro treco no coração ao ler essas palavras sinceras. Que bela história de amor!

Felicidades a essa linda família!

São histórias como essas, que nos fazem ver que não precisamos de muito para sermos felizes ^^


1 COMENTÁRIO

  1. O coração puro e simples de uma criança comove a qualquer um que tenha sentimentos, que sabe o valor da gratidão sincera. Pena que algumas pessoas perderam certos valores e olham situações diversas nessa história. Fato: os lencinhos citados são necessários!

DEIXE UMA RESPOSTA