“LGBTfobia é uma aberração do machismo”, Leandra Leal comenta morte da travesti Dandara

Leandra Leal em entrevista ao canal CINEMI
Leandra Leal em entrevista ao canal CINEMI (Foto: Reprodução)

A atriz Leandra Leal esteve em São Paulo para lançar o seu próximo filme, a coprodução Brasil/ Argentina chamada “La Vingança” que estreia dia….

O canal do youtube CINEMI apresentado pelo jornalista Emílio Faustino aproveitou que Leandra dirigiu um documentário especifico sobre artistas travestis chamado “Divinas Divas” (que ainda vai estrear) e questionou a artista quais são na opinião dela os motivos que fazem do Brasil o país mais LGBTfóbico do mundo, tendo como gancho o ato brutal que ocorreu com a travesti Dandara dos Santos de Fortaleza.

Em sua resposta Leandra atribui a cultura machista de nosso país uma das principais causas do Brasil ser o país que mais mata LGBTs.


“É uma aberração do machismo… … Eles postaram como se fosse um troféu, achando que não seriam punidos, ou então achando que não era crime, o que é pior ainda”, opinou Leandra.

A atriz tem esperança que este caso se torne emblemático para que mudanças na lei sejam tomadas para que atrocidades dessa mesma natureza não aconteçam mais.

Confira a entrevista na integra: 


DEIXE UMA RESPOSTA