EUA irá destinar US$8,5 milhões as famílias das vítimas do massacre de Orlando

Angel Colon é um dos sobreviventes do massacre na boate gay Pulse de Orlando
Angel Colon é um dos sobreviventes do massacre na boate gay Pulse de Orlando (Foto: Divulgação)

O governo dos EUA anunciou a criação de um programa de ajuda às vítimas do massacre da boate LGBT Pulse, que ocorreu em junho do ano passado.

O valor total da ajuda é de US$ 8.466.970 e foi entregue nesta quarta-feira, 15, à procuradora-geral da Flórida.

“Com esta doação, reafirmamos o compromisso do Departamento de Justiça com o povo de Orlando, às famílias das vítimas e a todos os que ajudam os afetados por este crime atroz”, disse em comunicado o procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, segundo a Agência Efe.


Ao todo, 49 pessoas morreram após um atirador abrir fogo dentro do clube na madrugada de 12 de junho de 2016, em Orlando, Flórida, EUA.

Agora imagina se o Brasil fosse indenizar as vítimas de LGBTfobia do nosso país da mesma forma?! Tendo em vista que aqui um LGBT é assassinado todor dia, seria um verdadeiro rombo nas contas do governo, né nom?

Fica mais fácil indenizar as vítimas, quando se tem pulso e leis que coíbam de forma efetiva tais atrocidades, neste sentido os EUA estão de parabéns!


DEIXE UMA RESPOSTA