“Ele sempre foi” – Dublador defende seu personagem gay em A Bela e a Fera

Cena da famosa valsa do filme a Bela e a Fera
Cena da famosa valsa do filme a Bela e a Fera (Foto: Divulgação)

Depois de sofrer boicote aqui no Brasil por parte dos conservadores e censura na Rússia por conter um personagem assumidamente gay em sua trama, o dublador Bradley Pierce, que deu vida ao personagem LeFou na animação A Bela e a Fera, de 1991 aproveitou os minutos de fama de seu personagem (até então pouco lembrado) e saiu em defesa da orientação sexual dele.

“LeFou agora é oficialmente gay, mas na verdade ele sempre foi. O único momento hétero que ele pode ter tido foi aquele em que pareceu interessado nas trigêmeas que dão em cima de Gaston, e são esnobadas por ele”, disse Pierce ao site americano TMZ.

Ele ainda complementou: “É incrível que isso choque mais do que o envolvimento de uma menina com um búfalo.”


Mas não é?!

Embora não haja qualquer cena de sexo explícito no filme, o simples fato de haver um clima entre dois personagens do mesmo sexo levou um cinema do Alabama a banir o longa da sua programação e o Ministério da Cultura da Rússia a considerá-lo impróprio a menores de 16 anos.

Aqui no Brasil o filme teve um boicote proposto pelo pastor homofóbico Silas Malafaia.

E sabe o que a gente tem a dizer disso tudo?

O trailer tá linnnndo! Confiram:

A Bela e a Fera estreia dia 16 de março nos cinemas!


DEIXE UMA RESPOSTA