Cansados da homofobia velada, fiéis protestam em Igreja que expulsou maestro gay

Fiéis protestam em Portugal contra o afastamento de maestro gay
Fiéis protestam em Portugal contra o afastamento de maestro gay (Foto: Ricardo Graça/Global Imagens)

Coro se recusa a cantar durante a missa, vestindo-se de preto em apoio ao maestro gay que foi expulso da igreja

Depois de 6 anos contribuindo com a igreja e dirigindo o coro, o Maestro João Cláudio Maria foi surpreendido com o pedido de afastamento diocese de Coimbra.

Seu crime? Ser gay.


Pois é, a pequena vila de 3 mil habitantes no norte do distrito de Leiria tem vivido momentos de agitação, durante e após as celebrações dominicais, na igreja matriz, desde que a diocese de Coimbra decidiu afastar o maestro.

As informações ainda estão desencontradas, o maestro afirma que o seu afastamento se deu por conta da sua orientação sexual, já a diocese fala em “desrespeito” e “desobediência” ao padre da paróquia.

Após o afastamento do maestro, em sinal de apoio o coro tem se recusado a cantar durante a missa, vestindo-se de preto, com uma fita branca no braço, e também há três semanas que o padre da igreja de Castanheira de Pera não está nas celebrações.

Hoje, no final da missa, que contou com presença da GNR no largo da igreja, vários paroquianos protestaram contra a decisão da diocese.

“Porque é que a Igreja decide uma coisa destas sem ouvir a população? Será que não havia outra forma de resolver isto, sei lá, com um castigo? Deus nunca iria expulsar um filho. E o que estão a fazer é castigar toda a assembleia, estão a afastar as pessoas da igreja”, questionou Fátima Coelho, uma das frequentadoras da igreja.

Ainda que a expulsão do maestro seja uma notícia triste, é preciso dizer: que coisa mais linda os fiéis apoiando o maestro e mostrando para a igreja que os tempos são outros, não é mesmo?

São atitudes como essa que tornam o mundo mais belo e respeitoso. Eles poderiam muito bem ficarem indiferentes ao ocorrido, ms resolveram tomar partido e defender uma pessoa que estava com eles há mais de 6 anos. Isso sim é ser cristão!


DEIXE UMA RESPOSTA