Apesar de multas, torcida brasileira volta a proferir gritos homofóbico no estádio

Torcedores gritaram 'bicha' para o goleiro do Paraguai durante a partida desta terça, na Arena Corinthians
Torcedores gritaram 'bicha' para o goleiro do Paraguai durante a partida desta terça, na Arena Corinthians (Foto: Lance)

O Brasil não aprende mesmo, né gente?

Pleno jogo de Brasil e Paraguai e a torcida na falta do que fazer resolveu começar a  gritar ‘bicha’ para o goleiro do Paraguai durante a partida desta terça, na Arena Corinthians.

Vale lembrar, que a CBF já foi multada duas vezes por gritos homofóbicos durante jogos da Seleção, mas se depender da boa vontade, educação e respeito da torcida brasileira ao que tudo indica iremos colecionar várias multas.


A cena foi presenciada no estádio foi de verdadeira vergonha alheia, parte dos 44 mil presentes na Arena Corinthians puxou o grito de “bicha” a cada vez que o goleiro Antony Silva cobrou tiro de meta.

Mesmo com o pedido do locutor do estádio para que o adversário fosse respeitado, a atitude homofóbica prosseguiu.

A CBF acumula 45 mil francos suíços (R$ 149 mil) em multas da Fifa nestas Eliminatórias para a Copa-2018.

Não seria exagero se a CBF começasse ministrar aulas de bom comportamento nos estádios antes dos frequentadores poderem assistir os jogos, porque olha…

Que vergonha…


DEIXE UMA RESPOSTA