“Sou gay”, Kristen Stewart provoca Donald Trump e assume sexualidade em TV

A atriz Kristen Stewart
A atriz Kristen Stewart (Foto: Divulgação)

Na noite de sábado (04/02), a atriz Kristen Stewart admitiu, pela primeira vez — e em rede nacional —, sua orientação sexual.

Em discurso de abertura no programa “Saturday night live”, a norte-americana de 26 anos criticou o presidente Donald Trump e deu um recado.

“O presidente não é um grande fã meu, mas isso é ok. Mas, Donald, se você já não gosta de mim, então você realmente vai passar a me detestar, porque eu estou fazendo a abertura deste programa de TV e, tipo, eu sou gay, parceiro”, disse.


O discurso movimentou as redes sociais durante toda a noite no país, tornando-se um dos assuntos mais comentados no Twitter.

Para enteder a repercussão do caso, vale lembrar o histórico de injúrias promovidas, desde 2012, por Trump contra Kristen.

Na época, revistas apontavam que a atriz mantinha um caso com o diretor Rupert Sanders (de “Branca de neve e o caçador”) enquanto namorava o ator Robert Pattinson. No Twitter, Trump iniciou uma campanha contra Kristen, em posts agressivos.

“Todo mundo sabe que eu estou certo quando digo que Robert Pattinson deveria largar a Kristen Stewart. Em alguns anos, ele vai me agradecer. Seja esperto, Robert”, escreveu o atual presidente dos Estados Unidos, à época.

Em outro post, também em 2012, ele acrescentou: “Robert Pattinson não deveria voltar com Kristen Stewart. Ela o traiu e o fez de gato e sapato. É só olhar. Ele pode ter algo muito melhor!”. Ao todo, foram 11 tweets provocadores escritos pela autoridade.

Estonteante num vestido-tubo, Kristen recordou todas as mensagens durante a atração na TV.

“Estou um pouco nervosa de estar aqui, porque o presidente provavelmente está assistindo. E eu acho que ele não gosta muito de mim…”, ressaltou, emendando: “Há quatro anos, eu estava namorando esse cara chamado Rob, digo, Robert, e a gente terminou, mas depois voltamos. Por alguma razão, isso deixou Donald Trump insano”.

A atriz continuou: “Para ser honesta, eu não acho que Donald Trump me odeia. Eu penso que ele está apaixonado pelo meu antigo namorado”.

Em seguida, ela cita um tweet em que o presidente convida Robert Pattinson para assistir ao desfile Miss Universo.


DEIXE UMA RESPOSTA