Após 21 anos de namoro, casal celebra a 1ª união gay de Santana no AP

Magna e Joyce decidiram se casar após adotarem uma menina
Magna e Joyce decidiram se casar após adotarem uma menina. (Foto: G1)

União foi o primeiro casamento homoafetivo da segunda maior cidade do AP.

Unidas pelo amor há 21 anos, Magna Luz, de 52 anos, e Joyce Nazário, de 38 anos, puderam finalmente selar oficialmente o matrimônio de décadas, nesta quinta-feira (16).

Moradoras de Santana, a 17 quilômetros de Macapá, as mulheres protagonizaram o primeiro casamento homoafetivo na cidade.


A celebração da união aconteceu no único cartório de Santana, e contou com a presença de familiares, que acompanham as duas desde o início do namoro. Elas se conheceram na escola, quando Magna passou a dar aula para Joyce. As duas contam que começaram a se relacionar quando deixaram de ser professora e aluna.

Agora, casadas, ambas concordam que a certidão do cartório preenche uma lacuna que oficializa de uma vez por todas o matrimônio. Nas duas décadas que estão juntas, elas também adotaram uma filha, a Emanuelle Luz, de 9 anos, após um longo processo judicial que durou seis anos.

“Eu a conheci [Joyce] na escola, quando fui professora dela. Depois, quando eu deixei de dar aula para ela, acabamos nos envolvendo. Nesse tempo, adotamos nossa filha, que atualmente está no nosso nome. A Joyce sempre foi minha companheira nesse tempo todo, mas o papel é muito importante para termos nossos direitos como esposas”, reforçou Magna.

Joyce Nazário acrescenta que a certidão de casamento fortalecerá a união e concretiza mais um sonho de ambas ao longo do tempo.

“A gente constrói a cada dia mais sentimento uma pela outra. O papel vem apenas fortalecer nossa união porque viver com alguém é conhecer o outro e nós nos conhecemos, construímos nossa vida e adotados a Emanuelle. O sonho de casar a gente sempre teve e graças a Deus a Justiça evoluiu bastante, o que possibilitou a gente de adotar uma criança e casar na nossa cidade”, falou Joyce, entusiasmada.

Fonte: G1


DEIXE UMA RESPOSTA