10 anos depois, ator de High School Musical fala sobre sexualidade de personagem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após mais de 10 anos de sua estreia na pele de Ryan Evans, no filme High School Musical, o ator Lucas Grabeel falou pela primeira vez sobre a suposta homossexualidade do personagem.

Em entrevista ao site Tv Line, Lucas, que está de volta com o personagem para o seriado derivado do filme, afirmou que muitas pessoas viam Ryan muito espalhafatoso, mas essa não era a intenção dele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“As pessoas sempre me perguntam se Ryan era gay. Eu vi muitas performances do musical em versões de colégios ou teatros comunitários, e sempre levam o personagem para um lugar exagerado. E tudo bem, essa é a visão daquela montagem, mas não foi assim que eu o interpretei”, disse.

Ainda durante a entrevista, o ator relatou que enxergava o personagem como um garoto adolescente que era apenas muito empolgado com as artes e que ainda estava descobrindo sua sexualidade.

“Ryan era um cara muito empolgado com teatro, artes, coreografias, cores vibrantes e chapéus. Ele gostava da Kelsey [Olesya Rulin], e ele também gostava do Zeke [Chris Warren Jr.]. Acho que ele não precisava de um rótulo, porque não estava pronto para isso. Ele ainda estava aprendendo sobre si mesmo e sobre onde se encaixava no mundo”, pontuou.

Eu não queria que ele levantasse uma grande bandeira. Preferi fazer algo sutil. Queria colocar nuances e pequenas coisas que você poderia perceber ao assistir ao filme pela segunda ou pela terceira vez. Queria que as pessoas dissessem: ‘Esse personagem é mais complexo do que eu pensei’. Não é para olhar para ele com uma camisa cor de rosa e pensar: ‘Nossa, ele é gay’. Isso nunca foi o que eu e Kenny planejamos”, finalizou ele.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio