Gloria Groove (Reprodução/Instagram)
Gloria Groove (Reprodução/Instagram)

A cantora Gloria Groove disse que sente estar fazendo parte de uma grande revolução, ao se apresentar como uma drag queen em grandes eventos. A declaração foi dada durante uma entrevista ao Observatório G, na 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, deste domingo (23).

É impossível falar do novo renascimento da cena LGBTQ na cultura brasileira, sem falar de revolução. Por que se isso que a gente faz neste momento político tão acalorado, com esse tamanho, com essa força, com essa magnitude, não for revolução, eu não sei o que é”, disse a cantora.

Na entrevista Glória ainda chama atenção para a valorização do movimento LGBT brasileiro e afirmou que tem estudado bastante sobre a história da cultura brasileira, o que tem permitido que ela se inspire em algumas personalidades.


“Estudar sobre isso me ajudou a ter sempre este mesmo gás. De conseguir vir com a mesma sede, com a mesma vontade que eu sinto que pessoas dessa época estavam de trabalhar, de edificar, de fazer, e que foram interrompidas por uma série de tragédias. Então pra mim estudar história LGBT brasileira é conseguir me edificar, me construir mais ainda”, disse.

Confira a entrevista completa: