Iza na Parada LGBT de São Paulo (Reprodução/Instagram)
Iza na Parada LGBT de São Paulo (Reprodução/Instagram)

Uma das grandes atrações da 23ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que aconteceu neste domingo (23), a cantora Iza deu entrevista ao Observatório G e falou um pouco sobre representatividade e falta de oportunidade para as minorias.

Segundo Iza, antes de falar em representatividade, é necessário que os contratantes estejam mais atentos e deem mais oportunidades para artistas negros e LGBTs, para que as minorias sejam representadas em diversos espaços.

“A gente precisa, na verdade, é de oportunidade. Então quando se abrem as portas, a gente pode sim mostrar nosso talento e conseguir também ocupar os espaços. É importante que a gente ocupe os espaços, para que as pessoas que se enxergam na gente, que se sentem representados por nós, citam que também podem estar no mesmo lugar”, declarou artista, que recentemente lançou a música Yoyo, ao lado de Gloria Groove.


A cantora ainda aproveitou o momento para falar sobre a criminalização da LGBTfobia, e demonstrou estar otimista para as conquistas da comunidade. “Sempre acreditei que isso realmente fosse acontecer. É importante que a gente reitere a importância, da gente pregar por direitos iguais e respeito por todos nós“.

Confira a entrevista completa: