Penelopy Jean Drag
Penelopy Jean Drag - Divulgação

A drag queen conhecida como cover da cantora e atriz Lady Gaga, Penelopy Jean, se prepara para a estreia de mais uma temporada de “Drag me As a Queen” no E! Brasil. O reality show alavancou Penelopy, Ikaro Kadoshi e Rita von Hunty ao estrelato no cenário drag no país, é um sucesso entre a comunidade LGBT e promete impressionar ainda mais com a segunda temporada. O retorno triunfal das queens já tem data confirmada – 18 de março, às 22h00.

Leia: Xuxa posa de blusa transparente com os “mamilos livres”

Penelopy comenta sobre o Drag me as a Queen

1) Penelopy, antes de participar de programas de televisão, a sua carreira como drag queen era definida como uma persona da contora e atriz Lady Gaga, certo? Desde quando você se monta como Penelopy Jean?


Antes mesmo de começar a fazer cover da Gaga a Penelopy já existia. Ela é meu alter ego, minha “persona” drag e vive por si só. Comecei a me montar em 2009 de brincadeira com amigos, mas a coisa foi evoluindo e em 2011 já estava trabalhando como dj, hostess e fazendo performances.

Leia: Pepita estrela clipe de duo Philipi & Rodrigo; Assista Retrógrado

2) Em qual momento da sua vida, você percebeu que a sua drag queen, Penelopy Jean, havia conquistado algum tipo de notoriedade para ser requisitada em programas de televisão?

Percebi quando foram surgindo os convites pra participar dos programas e também pra fazer comerciais, em 2015. Gravei participações no programa “Legendários” do Marcos Mion, Corre & Costura da Fox Life, e gravei comerciais para Doritos e Natura, além de ter sido chamada pra criar uma coleção cápsula da marca europeia de maquiagem Wycon.

Reality

3) Como surgiu o convite para participar do “Drag Me As a Queen”? E qual momento do reality foi o mais marcante pra você?

Foi através de um open call nas redes sociais do canal, abriram inscrições para drag queens participarem. Difícil escolher um momento só, são muitas emoções e muitos momentos incríveis. Mas um dos mais inesquecíveis foi quando o programa foi ao ar pela primeira vez, em novembro de 2017.

4) Quando estreia a nova temporada do programa e qual novidade você já pode nos adiantar?

A segunda temporada estreia dia 18 de março às 22h no canal E!. Posso adiantar que teremos emoções ainda mais fortes, histórias de vida incríveis e inspiradoras, mulheres absurdamente maravilhosas, performances babadeiríssimas e claro, looks de tirar o fôlego!

TV aberta?

5) Para você, o que falta para que nós brasileiros possamos assistir a um programa estrelado por drags em rede aberta?

Que alguma TV aberta tenha interesse e ponha no ar rs. Estamos vivendo um momento muito delicado em nosso país, em que o conservadorismo e a hipocrisia vêm recuperando sua força. Talvez as emissoras de TV aberta tenham um certo receio de colocar um programa com essa temática no ar. A arte drag por mais que tenha ganho o mainstream, ainda é vista como tabu por muita gente.

6) Quais são as suas maiores inspirações, nacionalmente e internacionalmente?

Mulheres de força e muita garra, como minha avó… também posso citar Elke Maravilha que faz muita falta nesse mundo. Internacionalmente óbvio que Lady Gaga e RuPaul.

7) Você acredita que nós estamos perto ou longe de termos um megassucesso ou alguma produção parecida como o premiado “RuPaul’s Drag Race” aqui no Brasil?

Já temos! Drag Me As A Queen é sucesso de audiência não só no Brasil mas como em toda América Latina. Não é por acaso que já temos uma segunda temporada gravada e mais duas em produção. Inclusive o programa foi indicado ao troféu APCA no ano passado. Orgulho que não cabe na gente!