O Governo de São Paulo decidiu que os centros de distribuição, conhecidos pelos pacientes como postinhos, poderão fazer dispersão dos antirretrovirais para HIV para até 120 dias mediante receita.

A medida foi uma recomendação publicada no ofício nº 8/2020 do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (DCCI), do Ministério da Saúde, para evitar a saída do paciente de casa nesse período.

Tendo remédio para 4 meses em casa, nenhum paciente precisará ir aos postinhos, visto que lá também é local de atendimento de emergências e consultas, evitando, assim, se expor a possível exposição ao coronavírus.
Lembrando que a dispensação respeita os critérios clínicos do paciente. Por isso, converse com o seu médico e solicite receita. Essa medida visa diminuir a circulação de pessoas pela cidade, em especial nos serviços de saúde, para prevenção ao novo coronavírus.