Luisa Marilac
Luisa Marilac (Foto: Reprodução/Instagram)

A youtuber Luisa Marilac, conhecida pelo bordão “Tomando meus Bons Drinks” denunciou em seu canal de Youtube que havia sido filmada enquanto transava com um parceiro.
“Consegui pegar o aparelho, apaguei aquele vídeo, mas tenho certeza que ele já estava gravando antes. Deve ter outro vídeo”, disse em seu canal. A dona da biografia “Eu. Travesti.”, ainda acrescentou: “Isso não é ser moralista, mas eu não queria ver meu corpo ‘jogado’ por aí (na internet). Eu me senti violentada”.

Procurada pela redação do Observatório G, Luisa conta que vivia um relacionamento sem compromisso há 3 meses com este rapaz e que teme ser exposta ou extorquida por isso. Confira:

Luisa, você e o rapaz que te filmou nua eram namorados ou havia apenas relações sem compromisso?


Não éramos namorados, mas a gente saía fazia uns três meses já. A gente se via de duas até três vezes na semana, mas era só sexo (risos). Tempos modernos, amor! Quando eu estava a fim eu ligava pra ele e quando ele estava a fim, me ligava.

O seu medo hoje é que os videos sejam expostos, é isso?

Sim, eu estou preocupada com a exposição desses videos. Eu não gostaria de me ver nua na internet de forma alguma. Meu amor, se eu quisesse bombar eu iria fazer isso com os meus filmes pornôs, que são profissionais e eu tinha 19 anos que iriam dar o que falar e causariam inúmeros comentários. Se eu nunca quis expor os filmes que eu fiz quando era nova, não vai ser agora com 40 anos com os peitos no joelho, quase trupicando né. (Risos) Eu não quero me ver nua aos 19 e muito menos agora com 41.

Você prestou algum tipo de B.O.?

A minha advogada me aconselhou ir até uma delegacia para fazer um queixa, né. Montar um B.O. e explicar tudo o que aconteceu. Isso dá até pra ser feito online hoje em dia né mas eu vou te contar uma coisa em off, sabe. Depois que isso aconteceu, eu fiquei muito mexida. Meu psicológico ficou muito abatido, eu estou bem tristinha mesmo, sabe. Eu não vou mentir pra você, eu estou triste até hoje. Até sumi pouco do youtube, nem foto tenho postado no Instagram. Eu só vou falar com a minha advogada nessa semana pra ver o que nós iremos fazer.

Acredita que pelo fato de ser travesti você esteja sendo ainda mais julgada pelos filmes pornôs? Você não sente como se não houvesse poder e decisão sobre o seu corpo?

Não é apenas pelo fato de eu ser travesti que estou sendo julgada. Eu já entendi que o brasileiro ainda tem muito tabu quando o assunto é sexo. Mas sim, é bem isso o que você falou. Eu estou sendo julgada pelos filmes pornôs, sendo que era algo o qual eu nem tinha controle do meu corpo. E fiz para pagar uma dívida que eu tinha com uma cafetina. Graças a Deus, hoje eu não preciso mais me prostituir. As pessoas estão me julgando por vários assuntos, sabe.