Farrah Moan e Ariana Grande
Farrah Moan e Ariana Grande (FOTOS: VH1, YouTube)

Quem a acompanha, chegou a ver que Ariana Grande lançou — em janeiro — o clipe de “7 Rings”. Mesmo tendo passado tanto tempo, a conhecida música ainda tem rendendo assunto, por novos motivos.

De acordo com o portal ‘Pop Line’, na época, Ariana pediu 10 milhões de dólares de indenização da loja ‘Forever 21’. Isso se deveu ao fato da loja ter usado um figurino muito parecido como publicidade, indevidamente. No entanto, agora é a cantora que recebe esse tipo de acusação.

Farrah Moan é uma drag queen que participou da 9ª temporada do famoso reality RuPaul’s Drag Race e retornou na 4ª edição do spin-off All Stars. No primeiro episódio dessa última, a artista apareceu com um figurino dourado, muito semelhante ao que Ariana usou no videoclipe.


Tomando conhecimento desse fato, Farrah desabafou no Twitter: “Ariana deveria me dar uma parte desses 10 milhões, já que sua equipe literalmente enviou uma foto minha para o designer e pagou para copiar meu look (finalmente conheci o designer e fui avisada disso). Acho que roubar artistas queer com fins lucrativos é ótimo”.

E continuou: “A última coisa que vou dizer sobre isso: as principais pessoas culpadas aqui são sua equipe. Se a rainha não a recriasse, eles teriam encontrado alguém que o faria. Quando sua equipe comete um erro, ela cai em você.

Vocês podem me atacar o dia todo, mas não vai mudar nada. Eu posso admitir que fui mesquinho com o gif que eu postei e vou me desculpar por isso, mas no final do dia eles fizeram o que fizeram. Eu não me importo sobre processar alguém, só precisava colocar isso pra fora”. Concordam com toda essa acusação? A equipe da cantora não se pronunciou até então.