Você sabia que na China tem limites de filho por pessoa?

Está liberado para os chineses terem mais um filho na família

Publicado em 3/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última segunda-feira (31), o Partido Comunista da China anunciou que vai ser permitido o nascimento de mais um filho nas famílias, o intuito vai de encontro com a redução dos limites de natalidade impostos pelo governo. Está política de natalidade da China é totalmente estranha para todo mundo, entretanto, o governo resolveu facilitar para os casais do país. Eles agora podem ter três filhos, invés de dois integrantes novos na família.

O intuito é desacelerar o envelhecimento de sua população, pois está aumentando a pressão sobre a economia e a sociedade. Desde 1980, o Partido havia imposto estes limites de nascimento no crescimento populacional. No ano de 2015, foi autorizado pelo governo o limite de dois filhos por casal, ao invés de um só.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estás mudanças tem como objetivo também contribuir com as ambições do país, tendo um número de pessoas em idade produtiva. Há 10 anos, a proporção de pessoas em idade ativa, de 15 anos a 59 anos, era de 70,1%. No ano anterior foi de 63,3%, sendo uma parcela preocupante para as ações da China no cenário mundial. O grupo com 65 anos ou mais cresceu de 8,9% para 13,5%, tendo uma agilidade neste processo.

Nasceram 12 milhões de bebês no ano passado, quase 20% a menos que em 2019. A taxa de fecundidade está em 1,3, bem abaixo dos 2,1 para manter a população em pleno equilíbrio. Estes dados são importantes, pois quando a população envelhece, a pressão aumenta sobre as pensões e o sistema de saúde. Em contraponto, a taxa de natalidade cai, assim, o país terá menos trabalhadores ativo para sustentar os futuros aposentados.

Nos acompanhe na coluna Politizah (Clique aqui)!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio