Você já deve estar saturado do assunto COVID-19, por isso juntamos todas as informações da semana em um único lugar

Juntamos aqui tudo sobre o que aconteceu em relação ao COVID-19

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Esta coluna já percebeu o quanto você está saturado de ouvir números e mais números da Covid-19 no Brasil. Por isto, estamos compilando tudo o que aconteceu na semana para te informar em um único lugar. O intuito é trazer uma visão geral dos últimos dias e levantar uma expectativa dos próximos para você sempre ficar bem-informado e em paz no seu final de semana. Vamos iniciar olhando para o âmbito mundial, pois ele tem grande influência na continuação do vírus em nosso país.

Nos últimos 7 dias, o Brasil foi o segundo país com mais casos confirmados, ficando apenas atrás da Índia. O país do sul da Ásia e um dos mais populosos do mundo está enfrentando um dos seus piores momento da pandemia. Esta semana em um hospital de Nova Délhi, 25 pessoas morreram por falta de oxigênio para uso médico, sendo notificado no mundo inteiro a irresponsabilidade e colapso da saúde do país.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Outro dado importante perante o mundo é que nós somos o primeiro país em ranking de óbitos. Tendo uma margem de 10% do total de casos da COVID-19 em nível mundial, a mesma porcentagem se repete no cenário de mortes. Em contraponto temos um bom percentual de recuperados na média mundial, de 80 milhões de pessoas curadas, 12 milhões são brasileiras. Não podemos perder a esperança, analisando os últimos 30 dias percebemos que os números melhoraram.

Comparando com o último mês, observamos uma queda de aproximadamente 13%, tendo uma expectativa de melhora maior para a semana que vem. Chegamos à margem de 6% da população vacinada com a segunda dose, e aproximadamente 14% vacinada com pelo menos uma dose da vacina. Em muitos lugares já estão vacinando pessoas na faixa etária de 60 anos de idade, e indicando para esse mês de maio o início da aplicação dos imunizantes para a faixa dos 50 anos. Consulte as informações de saúde da sua cidade.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio