Uma gripe aviária H10N3 está surgindo na China em humanos

A China detectou o primeiro contágio de gripe aviária em humanos

Publicado em 3/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última terça-feira (01), um homem de 41 anos na China foi constatado como o primeiro humano a ter contágio de gripe aviária H10N3. Ele é residente da província de Jiangsu, no lesta da China, de acordo com as informações repassadas pelo departamento de saúde do país. No comunicado emitido, eles deixam claro de que a doença não será transmissível de uma pessoa para outra.

Outro ponto dito é de que não há grande probabilidade em uma propagação extensa, como o coronavírus que vivemos no momento. A Comissão Nacional da Saúde do país relatou de que o homem chegou a se sentir mal no dia 23 de abril, apresentando sintomas leves, em que incluíam febre, como algo intermediário. Ele foi internado em um hospital local cinco dias depois do primeiro sintoma.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na data de 28 de maio, após a conclusão do sequenciamento genético do vírus que o infectou, o paciente recebeu o diagnóstico definitivo. Constatava como uma nova variante da gripe aviária, H10N3. Ele foi o primeiro caso detectado no mundo, conforme dados fornecidos pela Comissão de Saúde. No comunicado não informa como o paciente foi infectado, mas diz em que ele está prestes de receber alta.

Todos os contatos do paciente foram rastreados, para que pudessem ter a certeza de que o vírus não fosse transmissível e letal a outros seres humanos. Segundo os estudos, nenhum outro caso foi detectado. A Comissão informou também de que este vírus entre as aves, não tem um nível alto de letalidade, sendo pouco infeccioso. Sendo um caso de transmissão zoonótica (entre espécies de animais), de maneira ocasional, um ser humano teve contato com a mesma.

Nos acompanhe na coluna Politizah (Clique aqui)!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio