Toda travesti é uma profissional do sexo?

Muitos mitos cercam o mundo da transexualidade e precisam ser esclarecidos

Publicado em 13/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As Travestis são representadas pela letra “T” da sigla LGBTQIA+, onde temos as representações de homens e mulheres transexuais e travestis embaixo deste grande “Guarda Chuva”. O termo “Trans” serve para englobar ambos de grupos de pessoas que passaram ou passam por uma transição em suas vidas, ou seja, pessoas ao qual não se identificam com o seu gênero de origem, consequentemente se comportam, vestindo e agindo como outro sexo.

Estas marcas são levadas para sempre na vida dessas pessoas, muitas vezes, julgadas dentro da nossa própria comunidade. Em algumas situações percebemos que o preconceito é cultivado dentro do nosso próprio movimento LGBT, especialmente no caso da visibilidade trans. Muitas pessoas trans não consideram parte do movimento aqueles que não realizaram a cirurgia de resignação sexual.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Travestis são pessoas que não se identificam com os seus respectivos gêneros biológicos, pois se comportam, vestem e agem como pessoas de outro sexo. As travestis mudam seus corpos através de hormônios, terapias, implantes de silicone e cirurgias plásticas, mas ainda desejando manter o órgão sexual de origem. O termo “travesti” ficou vinculado a profissionais do sexo de uma maneira cultural, entretanto, hoje em dia, muitas pessoas se colocam como travesti em vários cargos e profissões para descontruir essas amarras preconceituosas da história.      

Infelizmente, somos o país que mais mata transsexuais e travestis no mundo, tendo essa marca péssima em nossa sociedade. A visibilidade trans é comemorada em 29 de janeiro. O movimento LGBTQIA+ deve ser muito grato a todos integrantes da sigla “T”, pois foi graças a essas pessoas que nossa comunidade surgiu após Stonewall. A bravura daquelas pessoas nos possibilitou a termos os direitos que temos hoje, não sendo grandiosos perante o que ainda merecermos ter como reconhecimento, porém, um início.

Eu sou o Maurício de Britto, colunista de políticas públicas na coluna Politizah (Clique aqui)!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

G Store

MOLETOM PRIDE BRASIL

Comprar

CADARÇOS PRIDE

Comprar

PRIDE UNDERWEAR - COLORS

Comprar

MACACÃO PRIDE SUMMER FLAMINGO

Comprar

SHORT PRIDE

Comprar