Ludmilla manda recado contra o racismo dentro e fora do Big Brother Brasil 2021

A cantora passou por uma situação preconceituosa recentemente, parecida com a que aconteceu com João Luiz

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite de sábado (3), durante mais uma das grandes festas produzidas pelo maior reality do país, a atração musical foi a cantora Ludmilla, uma das principais combatentes do preconceito através de suas letras e posicionamentos. A carioca agitou por quase uma hora a casa mais vigiada do país, levando os brothers e sisters a aproveitarem os seus principais hits, principalmente, a música Favela chegou, ao qual ela utilizou para realizar uma breve introdução antes de iniciar a cantar:  

“Agora, é uma música que fala de uma coisa que o mundo está precisando, que é respeito. Respeita nosso funk, respeita nossa cor, respeita o nosso cabelo, respeita car****”, disse a Ludmilla antes de começar a cantar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último dia 26 de março, Lud perdeu uma ação para a Val Marchiori de maneira contestável. A socialite agrediu por ofensas racistas a carioca, quando afirmou em uma entrevista que seu cabelo “parecia bombril” em 2016. Ludmilla não deixou passar esta atitude errônea da ex participante de mulheres ricas, e moveu um processo desde então para ter reparos devido o racismo cometido. A cantora ganhou a primeira ação, entretanto, a Val recorreu e foi vitoriosa, não tendo que pagar a indenização de R$ 30 mil que tinha sido condenada a realizar. Ela alegou que a fala se tratava de ter “liberdade de expressão” em dizer o que sentia.

Ludmilla não ficou feliz com a ação e no momento através da sua assessoria de impressa acabou informando:

“É lamentável ainda que a ré comemore uma vitória sobre o preconceito, como vem fazendo em suas redes sociais. É lamentável que a branquitude celebre o horror que é o racismo. Esta decisão mostra o quão difícil é lutar contra o racismo que atinge todas as estruturas do país.”

Também durante o último sábado (3), ocorreu um episódio de desconforto no próprio BBB21. O participante João Luiz enquanto ajudava os outros integrantes do reality a vestirem as fantasias deles, Caio e Rodolffo, escutou uma fala que lhe deixou frustrado, em que um dos participantes fazia uma analogia do seu cabelo com a peruca destinada aos brothers para a fantasia. A situação deu mais gás para a cantora Ludmilla, em que juntou as duas ações afirmando para os brothers e sisters, como também para a grande audiência sintonizada ao vivo na Rede Globo “Respeita nosso funk, respeita nossa cor, respeita o nosso cabelo”. Os participantes João Luiz e Camilla de Lucas notaram a referência no momento e se abraçaram comemorando o ato.  

Ludmilla, alvo constantemente de racismo nas suas redes sociais, ter tido um posicionamento tão claro e assertivo como o destacado na noite do dia (3), mostra o quanto precisamos ser resistência em qualquer momento que exija isso. A fala de sensibilidade ao João Luiz, mostra que independente de ser alguém com muita ou baixa visibilidade, o preconceito está instaurado na nossa cultura, cabendo de maneira urgente políticas públicas de combate a essas injustiças.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio